Início
AGORA É LEI
10/09/2021
Lei proíbe nomeação de pessoas condenadas por violência doméstica em cargos comissionados
Secom Câmara
A Lei foi publicada na edição da Gazeta Municipal que circulou nesta quinta (09).
A proposta, de autoria do vereador Rodrigo Arruda e Sá, foi aprovada pela Câmara de Cuiabá em agosto deste ano.


Foi publicado na edição desta quinta-feira (09) da Gazeta Municipal a Lei nº 6.704, de 2 de Setembro de 2021, que proíbe a nomeação de pessoas condenadas por violência doméstica e familiar contra a mulher, criança, adolescente e idoso para ocupar cargos em comissão de livre nomeação e exoneração no âmbito dos órgãos do Poder Executivo e Poder Legislativo municipais.

A proposta n° 296/2021, de autoria do vereador Rodrigo Arruda e Sá (Cidadania), foi aprovada pela Câmara Municipal de Cuiabá em agosto deste ano.

A Lei também proíbe a nomeação de pessoas condenadas por violência psicológica contra mulher, importunação sexual e assédio sexual no ambiente de trabalho.

"O Município de Cuiabá no âmbito da administração pública direta e indireta, bem como, de todos os poderes, fica proibido de se fazer a nomeação de pessoas para  exercer cargos em comissão de livre nomeação e exoneração e de contratação de pessoal por prazo determinado que for condenada, em decisão transitada em julgado ou proferida por Órgão Judicial colegiado, por crimes de violência doméstica e familiar 
contra a mulher, criança, adolescente e idoso, violência psicológica contra mulher, importunação sexual e assédio sexual no ambiente de trabalho", diz o artigo 1° da Lei.

"Convido a população cuiabana que dê uma lida e se atente para esse projeto que visa resguardar e dar segurança às nossas mulheres, aos nossos idosos, as nossas crianças e todos àqueles que precisam da nossa atenção e do nosso cuidado", disse o vereador Rodrigo Arruda e Sá.

O autor cita na justificativa da matéria que o objetivo é vetar a contratação de pessoas aos cargos comissionados no âmbito da administração direta e indireta, autárquica e fundacional do município de Cuiabá que tenham sido condenadas nas condições descritas na Lei Federal nº 11.340/20006 (Lei Maria da Penha), Lei nº 10.741/2003 (Estatuto do Idoso) e a Lei nº 8.069/1990 (Estatuto da Criança e do Adolescente).

“Os números de violência contra este grupo são cada vez mais alarmantes, apesar do importante avanço conquistado pelas respectivas leis na luta pelos direitos e enfrentamento dessa violência, ainda assim, são muitos casos registrados diariamente no país”, diz trecho da propositura.

De acordo com a publicação, a Lei entra em vigor na data de sua publicação.

protecao(Secom Câmara)



Imprimir Voltar Compartilhar:  




+ Notícias
26/07 - Lei obriga divulgação de medicamentos disponíveis na rede pública municipal
09/07 - Lei determina que escolas divulguem contatos dos conselhos tutelares
29/03 - Lei estabelece multa para quem furar a fila prioritária da vacinação contra covid em Cuiabá
15/03 - Lei proíbe uso de cerol e outros materiais cortantes nas linhas de pipas
19/02 - Lei garante isenção de taxas em concursos públicos para voluntários
10/02 - Lei cria ações de combate aos delitos sexuais no transporte coletivo de Cuiabá
14/07 - Plano Municipal de combate ao suicídio agora é lei em Cuiabá
30/06 - Consumidor já pode bloquear ligações de telemarketing
24/06 - Cuiabá já tem lei de apoio à mães que perderam seus filhos em fase gestacional
03/06 - Atendimento preferencial aos contadores e técnicos de contabilidade agora é lei
21/05 - Já é Lei | Escolas municipais de Cuiabá terão que fornecer merenda especial para alunos com restrição alimentar
16/03 - Coisa de Mulher - Vagas de emprego destinadas as mulheres vítimas de violência em Cuiabá já é lei
11/03 - Coisa de Mulher | tratamento odontológico para mulheres gestantes
05/02 - Atendimento preferencial para autistas já é lei em Cuiabá
22/01 - Políticas de apoio as pessoas com doença celíaca já é lei em Cuiabá
16/01 - Coleta seletiva de óleo de cozinha em escolas Agora é Lei
13/01 - Cadastro de Protetores e Cuidadores de Animais no Município | Agora é Lei
27/12 - Análise de águas em reservatórios de escolas e creches municipais, a cada quadrimestre, já e lei em Cuiabá
29/11 - Familiares podem acompanhar em exames os pacientes sedados
26/11 - Recém-nascidos com síndrome de Down devem passar por exame de ecocardiograma
SESSÃO AO VIVO
INFORMES
Praça Moreira Cabral - Centro - s/n - Cuiabá-MT - CEP 78020-010 - Fone: (65) 3617-1500
Desenvolvimento: Secretaria de Comunicação - Todos os direitos reservados © 2018
O horário de atendimento ao público é de segunda a sexta-feira das 7:30hs às 13:30hs.