Início
Pontos Turísticos
Cine Teatro Cuiaba

Inaugurado em 1942, o Cine Teatro Cuiabá faz parte da cultura e história cuiabanas. Em 64 anos de existência, o prédio estava fechado há nove anos. São muitas as histórias relacionadas ao cinema, idealizado na década de 30 para atender à população cuiabana, que clamava por um lugar onde fossem realizadas manifestações artísticas e a exibição de filmes. A solução encontrada pelo então interventor do Estado, Julio Muller, foi a construção do Cine Teatro Cuiabá.

A história do cinema, no entanto, começou muito antes, no começo do século 20. Foi naquela época que Cuiabá aprendeu a apreciar filmes, com o Cinema Parisien. O primeiro cinema do Estado funcionava no mesmo prédio do antigo teatro "Amor à Arte", único da cidade à época e onde atualmente funciona a Secretaria de Estado de Cultura.
     
Com a desativação do cinema, em 1939, Cuiabá ficou sem um espaço para a realização de shows, peças de teatro e exibição de filmes. Nasceu assim o Cine Teatro Cuiabá. Sua inauguração foi um grande evento. Em maio de 1942, era grande a excitação da população cuiabana com a inauguração do cinema, super moderno e luxuoso para os padrões da época.

    
O nome do primeiro filme que seria exibido pelo Cine Teatro foi mistério durante meses em Cuiabá. Os jornais faziam investigações e especulações sobre o assunto. Até apostas foram feitas. Após a elucidação do mistério, o jornal "O Estado de Mato Grosso" publicou na capa: "Desvendada a incógnita", revelando o nome do primeiro filme do cinema.
     
No dia 24 de maio de 1942 o Cine Teatro foi inaugurado com a exibição do romance "A Noiva Caiu do Céu", super produção da Warner Bros, com a atriz Bette Davis, conhecidíssima nas décadas de 40 e 50 e protagonista dos filmes "A Madrasta" e "Morte Sobre o Nilo".

     
Também foi motivo de orgulho o filme ser lançado em Cuiabá antes de ser exibido nas outras cidades brasileiras. O arrendatário do cinema foi ao Rio de Janeiro para se certificar de que a exibição de lançamento seria um filme inédito em âmbito nacional. Os jornais da época publicaram que "a Warner Bros distinguiu o público cuiabano com especial deferência" e concluiu que "o povo desta terra saberá por certo corresponder aos esforços da novel empresa".

     
"O cinema era lindo, com cortinas de veludo vermelho", conta o professor aposentado Aníbal Alencastro. "Ir ao cinema virou um programa elegante, sofisticado". O cinema também foi palco de muitas histórias de vida. Muitas histórias de casais nasceram no Cine Teatro. "Conheci minha esposa lá (Cine Teatro). Era lá que namorávamos todos os domingos. Aliás, o Cine Teatro era o programa de quase todos os casais daquela época", relembra Alencastro.

     
Alencastro escreveu um livro sobre os antigos cinemas cuiabanos. "Anos Dourados dos Nossos Cinemas" conta a história dos primeiros cinemas do Estado. O Cine Teatro foi o que mais caracterizou essa época áurea do cinema em Mato Grosso. Por sua importância cultural e histórica, ele foi tombado como Patrimônio Público do Estadual em 1984.
     
Localizado na avenida Getúlio Vargas, o cinema foi durante décadas a principal opção de lazer da sociedade cuiabana. No prédio funcionavam um salão de chá, além do cinema e teatro que inspiraram o nome do prédio. Com a restauração do Cine Teatro, o Governo do Estado objetiva devolver ao espaço sua função de sede de apresentações de teatro, dança, orquestras e corais. O ocal também será a sede da Orquestra do Estado, onde serão realizados ensaios e apresentações.

     
Na década de 50, era comum o Cine Teatro receber artistas de renome nacional, como a cantora Angela Maria, e internacional, como o grupo Los Panchos. A partir da década de 60 o cinema começou a perder o glamour dos primeiros anos. O surgimento de outros cinemas causou um gradativo esquecimento do Cine Teatro, que culminou no seu fechamento, em 1997.

     
Com o programa de restauração de prédios do patrimônio público de Mato Grosso, o Cine Teatro entra numa nova fase. Foram restauradas a estrutura, fachada, acabamento, móveis e equipamentos de projeção do cinema para poder sediar diversas manifestações artísticas. 
      
O Cine Teatro abriga salas de exibição cinematográfica, espaços para exposição de artes e oficinas culturais,são várias opções de programações num só lugar, com 533 poltronas,  sala de vídeo, camarins, salão de chá, parede de gesso com tratamento acústico, sala de projeções, entre outros.

      
"O Cine Teatro foi um marco cultural em mato Grosso", conta o cinéfilo e crítico de cinema Juarez Compertino, "foi ali que ganhei toda a base artística para minha formação". Esses são alguns dos motivos que fazem do Cine Teatro Cuiabá muito mais do que um cinema. O Cine Teatro é cultura.

Tombado em 1984 pela portaria 31/84, o espaço foi arrendado várias vezes, estando fechado desde 1996.

A recuperação se deu no Governo Blairo Maggi, que a partir de 2003 começou as obras de restauração. As obras conseguiram manter as características originais da construção e ainda introduziu melhorias para receber o público cadeirante com elevadores de acesso e banheiros adaptados. Para o público em geral são 516 poltronas.

O Cine Teatro foi reaberto em 21 de maio de 2009,  servindo como um centro cultural com espaço especial para apresentações cênicas, músicas e de audiovisual.

O prédio do teatro se localiza à Av. Getulio Vargas, nº 247, bairro Centro, Cuiaba.


Voltar

SESSÃO AO VIVO
INFORMES

Câmara Municipal de Cuiabá - Rua Barão de Melgaço - Praça Phascoal Moreira Cabral
Centro - s/n - Cuiabá-MT - CEP 78020-901 - Fone: (65) 3617-1500
Todos os direitos reservados © 2013 - Desenvolvimento: Secretaria de Comunicação
O horário de atendimento ao público é de segunda a sexta-feira das 7:30hs às 13:30hs.