Início
NOTÍCIAS
03/05/2007
Câmara aprova de contas da Prefeitura
Secom CâmaraCbá/Fablício Rodrigues
Vereadores aprovam contas da prefeitura
A Câmara Municipal de Cuiabá aprovou as contas da prefeitura referente ao exercício financeiro de 2005. A votação foi realizada durante a sessão ordinária desta quinta-feira (3). Os vereadores observaram a avaliação do Tribunal de Contas do Estado (TCE) que emitiu parecer favorável, com 28 recomendações.

Quatorze parlamentares votaram a favor da aprovação. A bancada de oposição, representada pelos vereadores Lúdio Cabral (PT), Enelinda Scala (PT) e Luiz Poção (sem partido), manifestou-se contrariamente ao parecer do TCE.

Segundo o vereador Dilemário Alencar, as recomendações do TCE são referentes a erros técnicos de funcionários da Prefeitura. “Não houve má-fé. É normal que o TCE aponte falhas a serem corrigidas no ano seguinte”, observou. O parlamentar defendeu a utilização de critérios técnicos no julgamento das contas. “Penso que o voto deve ser baseado em critérios técnicos e não políticos. As contas foram aprovadas pelos conselheiros e não há motivos para nos posicionarmos contrariamente aos técnicos do TCE”, argumentou.

A Comissão de Economia e Finanças (CEF) da Câmara emitiu parecer favorável à aprovação das contas, com três recomendações. Conforme o relatório da CEF, “os demonstrativos contábeis financeiros da Prefeitura devem ser mais bem elaborados”. A Prefeitura, segundo o relatório, também deve “observar os procedimentos licitatórios e os prazos estabelecidos por lei”.

Para o líder do prefeito, vereador Edivá Alves (PSDB), não há prestação de contas nos âmbitos Estadual e Federal sem recomendações dos órgãos de controle. “É normal que os técnicos apresentem pontos a serem melhorados, ainda mais na avaliação das contas do primeiro ano de mandato. Com o tempo o gestor se familiariza com os procedimentos e ocorre um número menor de erros”, avaliou.

O vereador Permínio Pinto (PSDB) ressaltou que as irregularidades apontadas pelo TCE foram sanadas pela Prefeitura. “Ao avaliarmos atentamente o relatório final, observamos que foram erros técnicos que puderam ser sanados. Se os erros fossem tão graves os conselheiros não teriam aprovado as contas com seis votos favoráveis”, ressaltou.

A vereadora Enelinda Scala elogiou a Prefeitura ao cumprir os percentuais mínimos exigidos pela Constituição Federal. “Finalmente a Prefeitura de Cuiabá aplica 25% dos recursos em Educação e os 15% da Saúde. Também percebemos uma melhoria na organização dos gastos. Mas há pontos em que precisamos melhorar, como no caso da transparência das licitações. Esperamos que não haja irregularidades no próximo relatório de gastos”, avaliou.

Assessoria: Secom CâmaraCba/Andrea Haddad



Imprimir Voltar Compartilhar:  




+ Notícias
28/09 - CCJR emite nove pareceres de aprovação e seis de rejeição durante reunião desta quarta
28/09 - Sessões desta terça aprovam pareceres e processos em primeira votação
28/09 - Vereador diz que situação de repasse a hospital deve ser resolvida com urgência
27/09 - Projeto Cuibaninhos na Câmara recebe 70 alunos nesta terça
23/09 - Agora é lei o projeto piloto do Programa de Escola Cívico-Militar em Cuiabá
22/09 - Segue para sanção projeto que garante prevenção e exame do câncer de colorretal
21/09 - Entidades já podem indicar nomes para moção de aplauso em alusão a Consciência Negra
21/09 - Comissões emitiram nesta terça parecer ao PL que regulamenta o 5G em Cuiabá e a um veto
20/09 - Vereadora pretende acionar judicialmente empresa concessionária
20/09 - Sessões desta terça analisam vetos, projetos de leis e de decreto legislativo
19/09 - Câmara realiza treinamento para servidores sobre o uso do protocolo digital
SESSÃO AO VIVO
INFORMES
Praça Moreira Cabral - Centro - s/n - Cuiabá-MT - CEP 78020-010 - Fone: (65) 3617-1500
Desenvolvimento: Secretaria de Comunicação - Todos os direitos reservados © 2018
O horário de atendimento ao público é de segunda a sexta-feira das 7:00hs às 18:00hs.