Início
NOTÍCIAS
26/10/2009
Após reclamações de idosos, Câmara cria Fórum Permanente
Luiz Alves
Diante das reclamações e reivindicações dos idosos, durante audiência pública nesta segunda (26), a Câmara Municipal de Cuiabá decidiu criar um Fórum Permanente em defesa dos direitos da pessoa idosa para estudar políticas sociais de resultado com o intuito de dar uma velhice digna aos mais de 30 mil idosos que vivem no município. Serão convidados a participar da discussão as secretarias municipais de Esporte e Lazer, de Assistência Social, e de Educação, além do Ministério Público Estadual e Procuradoria-Geral de Cuiabá. A sugestão foi dada pela secretária municipal de Assistência Social, Celcita Pinheiro, e pelo presidente do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa, Luiz Roberto da Costa. “Assim como na Assembleia, a Câmara pode montar essa comissão e, com isso, aumentar o valor do orçamento da área social do município, pois o recurso é pouco e há muito trabalho a ser feito”, disse Celcita.

Na audiência, proposta de maneira conjunta pelos vereadores Néviton Fagundes (PRTB) e Pastor Washington Barbosa (PRB), a maioria das reclamações feitas pelos participantes foi em relação à falta de respeito dos passageiros e motoristas do transporte coletivo para com as pessoas idosas, que, muitas vezes, ficam de pé durante todo o trajeto e em algumas ocasiões não chegam a embarcar, pois os motoristas saem com o veículo antes que eles embarquem. Diante disso, Pastor Washington assegurou que os empresários detentores da concessão do transporte coletivo serão convidados a participar do próximo fórum, junto com os demais representantes do poder público.

Quanto à saúde foi proposto parceria com as faculdades de medicina a fim de agilizar os exames laboratoriais, os quais diagnosticam se o idoso poderá praticar atividade física ou não. “Um dos maiores problemas do idoso é a solidão, que gera a depressão. Para poder praticar exercícios físicos, como hidroginástica, é preciso exames médicos. Mas, a demora é muito grande”, lamentou um dos participantes, que está há mais de nove meses aguardando resultado de um exame. Além disso, há aqueles que consideram a educação a melhor saída para uma velhice saudável, como o caso da professora Anita Caporossi. Ela criticou a extinção da política de inserção do idoso nas escolas.

Pollyana Araújo



Imprimir Voltar Compartilhar:  




+ Notícias
09/08 - Artistas recebem Títulos de Acadêmicos Efetivos da ACILBRAS durante 3º Sarau Cuiabano
09/08 - Vereadora, movimentos e pacientes pressionam contra fechamento de unidade do SAE do bairro CPA I
09/08 - Câmara aprova projetos e pareceres na sessão desta terça
08/08 - Câmara realiza segunda edição da campanha Boa Ação é Doação
08/08 - Escola do Legislativo da Câmara de Cuiabá faz balanço das ações realizadas no 1º semestre de 2022
05/08 - Campanha Boa Ação é Doação arrecada leite materno capaz de alimentar centenas de bebês
04/08 - CCJR analisa sete processos durante reunião realizada nesta quinta-feira
04/08 - Programa Corrente do Bem realizado pela PM foi tema da tribuna desta quinta
04/08 - Câmara aprova requerimentos, Projetos de Lei e pareceres na sessão desta quinta
03/08 - Nota de pesar | Gládius César
02/08 - Nota de pesar | Adriana Catelli
SESSÃO AO VIVO
INFORMES
Praça Moreira Cabral - Centro - s/n - Cuiabá-MT - CEP 78020-010 - Fone: (65) 3617-1500
Desenvolvimento: Secretaria de Comunicação - Todos os direitos reservados © 2018
O horário de atendimento ao público é de segunda a sexta-feira das 7:00hs às 18:00hs.