Início
NOTÍCIAS
18/05/2011
Vereadores querem política de fortalecimento e atenção à saúde mental na Capital
Silva
Durante audiência pública sobre a saúde mental, realizada no plenário da Câmara de Cuiabá, na manhã desta quarta-feira (18/05), o vereador Lúdio Cabral (PT) crê ter aberto o  debate com profissionais da saúde sobre quais as responsabilidades a serem implantadas para o fortalecimento de uma política de atenção à saúde mental, na Capital.
 
O parlamentar petista argumenta que é necessário avaliar as ações e quais os problemas a serem solucionados para a melhoria do setor. “Sistematizar e potencializar a qualidade dos profissionais do serviço público voltado à saúde mental é de extrema importância, atentar a solucionar esse problema de falta de estrutura é uma questão de respeito”, apontou Cabral.
 
O vereador Chico 2000 (PR), considerado um dos principais defensores da causa, pediu a união dos poderes públicos para que, com a cooperação de todos melhore o campo da saúde mental, como também o trabalho de combate à dependência de álcool e droga. “O poder público precisa parar de pensar somente em política e pensar mais no povo, no que realmente eles necessitam”, observa o parlamenta republicano.
 
Segundo ele, a construção de Centros de Assistência Psicossocial (CPAs) tende a ser de grande valia até que se definam políticas mais agressivas para o setor.
 
De acordo com o vereador Pastor Washington Barbosa, líder do PRB na Câmara de Cuiabá, abrir essa discussão com objetivo de melhorar o sistema público no campo de transtorno mental,  abuso e dependência de drogas é de extrema necessidade. “Trabalhar a questão da saúde mental é exercer a cidadania e respeitar o próximo, muita trabalho precisa ser realizado, estamos nessa luta diária e acredito que vamos conseguir chegar ao objetivo”, pondera Pastor Washington.
 
 Na audiência pública realizada na manhã desta quarta-feira (18/05), Pastor Washington afirmou ainda, que uma emenda voltada no combate as drogas, no valor de R$ 300 mil, está sendo um dos suportes para combater a dependência química em Cuiabá.
 
“Discutir e debater o assunto é um dos meios mais próximos para solucionar com maior agilidade os problemas enfrentados, nosso papel é procurar os meios, é necessário maior número de emendas”, afirma o vereador do PRB.
 
Para o vereador Professor Néviton Moraes (PRTB), segundo secretário da Câmara Municipal, trabalhar com qualidade é direito dos profissionais de saúde. “Eles estão diretamente ligados à estruturação da família que necessita desse apoio”, completa Néviton.
 Também participaram da audiência o vereador Misael Galvão (PR), a presidente do Conselho Regional de Psicologia, Maria Aparecida de Amorim Fernandes,  a presidente do Conselho Estadual sobre Drogas da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos do Estado, Ana Elisa Limeira, a Coordenadora de Saúde Mental do município de Cuiabá, Maria Aparecida da Silva, a representante do Fórum Intersetorial de Saúde Mental de Mato Grosso, Daniela Bezerra.

Adrielle Piovezan



Imprimir Voltar Compartilhar:  




+ Notícias
28/06 - Conscientização da violência contra a pessoa idosa é tema da Tribuna Livre desta terça
28/06 - Lei aprovada conscientiza munícipe a preservar o Rio Cuiabá
28/06 - Tribuna expõe projeto de Revitalização do Centro Histórico de Cuiabá
28/06 - Presidente da Câmara atende mais de 78 bairros com serviços e obras
28/06 - Vereadora propõe discussão sobre a cidadania LGBTQIA+ durante Tribuna Livre
28/06 - Vereadores analisam pareceres na sessão ordinária desta terça-feira
28/06 - Vereador realiza sessão solene alusiva ao Dia do Meio Ambiente
28/06 - Vereadora realiza audiência pública para discutir políticas públicas aos imigrantes
28/06 - Vacinação contra Influenza é ampliada para toda a população cuiabana nesta terça-feira (28)
27/06 - Lei que trata da publicização do fluxograma da jornada do paciente TEA ou outra neurodiversidade é promulgada
27/06 - Agora é lei Semana de Combate à Fome em Cuiabá
SESSÃO AO VIVO
INFORMES
Praça Moreira Cabral - Centro - s/n - Cuiabá-MT - CEP 78020-010 - Fone: (65) 3617-1500
Desenvolvimento: Secretaria de Comunicação - Todos os direitos reservados © 2018
O horário de atendimento ao público é de segunda a sexta-feira das 7:00hs às 18:00hs.