Início
NOTÍCIAS
31/05/2011
Padre Renato retrata, na Câmara, método milenar de cura através de plantas medicinais

Centro de uma polêmica nacional, após reportagem veiculada no Fantástico (Rede Globo), o Padre Renato Roque Barth, responsável pelo Método Bioenergético de Tratamento Natural em Cuiabá, esteve na tribuna livre da sessão ordinária desta terça-feira (31/05), na Câmara de Cuiabá, para explicar como funcionar o tratamento. Ele tratou de responder à TV Globo sobre a reportagem do Fantástico, que apontou uma suposta ineficácia do método milenar de cura através de plantas medicinais.

Segundo ele, o programa omitiu sobre a verdadeira eficácia do método e mentiu, relatando o nome dele, em uma reportagem de medicina ilegal vivida em Porto Alegre, na Capital do Rio Grande do Sul.

De acordo com o Padre Católico, a reportagem foi caluniosa e não respeitou o trabalho de tratamento realizado por ele, em Cuiabá.

Renato Roque Barth também se mostrou indignado com a ação imposta pelo Conselho Regional de Medicina (CRM), sob acusação de prática de curandeirismo e exercício ilegal da medicina, sobre o método de biosaúde, desenvolvido por ele há anos.

O método se utiliza de ervas, argila e até urina para tratamento de doenças como câncer e até Aids. “A reportagem deveria denunciar as farmácias que, para venderem seus remédios, inventam síndromes até mesmo para os sadios”, argumentou o religioso.

De acordo com o vereador Antônio Fernandes (PSDB) na tribuna livre, o CRM deve se preocupar com os médicos que recebem propina, como é o caso relatado pela imprensa no Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá e não com um padre que ajuda no tratamento de doenças, através do método alternativo.

Fernandes ofereceu ao Padre Renato Barth uma moção de aplauso pelo excelente trabalho que ele vem desenvolvendo, na Capital.

“O CRM tem que se preocupar com os médicos que são denunciados por receberem propina e, também, com a indústria farmacêutica, que é acusada de roubar o dinheiro do povo”, lamenta ele. “Temos que valorizar o padre Renato, que está fazendo o que é dever do poder público: tratar dos doentes”, critica o vereador tucano.

Antônio Fernandes observa que a TV Globo não vai ter coragem de conceder o direito de resposta ao padre Renato Barth. “Para o povo, tudo o que Fantástico divulga é considerado verdade. Porém, não podemos acreditar em tudo, como por exemplo, nessa reportagem denegrindo o Padre Renato, totalmente mentirosa”, relatou Antônio Fernandes.

Adrielle Piovezan



Imprimir Voltar Compartilhar:  




+ Notícias
09/08 - Vereadora, movimentos e pacientes pressionam contra fechamento de unidade do SAE do bairro CPA I
09/08 - Câmara aprova projetos e pareceres na sessão desta terça
08/08 - Câmara realiza segunda edição da campanha Boa Ação é Doação
08/08 - Escola do Legislativo da Câmara de Cuiabá faz balanço das ações realizadas no 1º semestre de 2022
05/08 - Campanha Boa Ação é Doação arrecada leite materno capaz de alimentar centenas de bebês
04/08 - CCJR analisa sete processos durante reunião realizada nesta quinta-feira
04/08 - Programa Corrente do Bem realizado pela PM foi tema da tribuna desta quinta
04/08 - Câmara aprova requerimentos, Projetos de Lei e pareceres na sessão desta quinta
03/08 - Nota de pesar | Gládius César
02/08 - Nota de pesar | Adriana Catelli
02/08 - Vereadora defende retorno da gratuidade do transporte público a pacientes psiquiátricos
SESSÃO AO VIVO
INFORMES
Praça Moreira Cabral - Centro - s/n - Cuiabá-MT - CEP 78020-010 - Fone: (65) 3617-1500
Desenvolvimento: Secretaria de Comunicação - Todos os direitos reservados © 2018
O horário de atendimento ao público é de segunda a sexta-feira das 7:00hs às 18:00hs.