Início
NOTÍCIAS
09/01/2013
Empresários pedem à Câmara Municipal redução do IPTU
Walter Machado
O presidente e o primeiro vice-presidente da Câmara Municipal de Cuiabá, vereadores João Emanuel (PSD) e Onofre Júnior (PSB), receberam na tarde dessa quarta-feira (9) visita de cortesia de empresários e diretores da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), que aproveitaram a oportunidade para defender a redução do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU).

O grupo que visitou a Câmara contou com o presidente da CDL de Cuiabá, Paulo Gasparoto, e empresários do setor de confecções, petróleo, material de construção, farmácia, hotéis, veículos e autopeças.  “Viemos aqui para desejar sucesso a nova Mesa Diretora da Câmara de Vereadores, além de tratar de assuntos que interessam à cidade, como esse aumento abusivo do IPTU”, afirmou Gasparoto.

O presidente da CDL cobrou redução do Imposto ao tratar do aumento de 25% aprovado pelos vereadores da Legislatura passada, no fim do mês de dezembro. Ele também criticou incremento sucessivo da carga tributária, que prejudica principalmente micro e pequenos empresários. “Ao invés de se reduzir a alíquota, ampliam as isenções para 70 mil imóveis numa clara política populista”.

O presidente da Câmara de Vereadores, João Emanuel, voltou a anunciar que na sexta-feira deverá ser divulgado um relatório sobre o processo legislativo que elevou o IPTU. Ele alega que a assessoria jurídica da Casa está avaliando principalmente os prazos regimentais, necessidade de pareceres das comissões de Economia e Finanças, Constituição e Justiça e Direito do Consumidor. “Estamos ouvindo as reivindicações dos empresários, que são também compartilhadas com diversos segmentos da sociedade e, se houver ilegalidade, não caberá outro caminho a não ser a revogação da medida”.

O primeiro vice-presidente da Câmara, Onofre Júnior, também concorda com a anulação desde que seja encontrada irregularidade na aprovação. “Fomos procurados pela CDL, mas a reclamação parte de vários setores da sociedade, que não suporta mais aumento de impostos. E a reavaliação desse processo é o que a sociedade espera”.

Téo Meneses



Imprimir Voltar Compartilhar:  




+ Notícias
20/04 - Vereadora Michelly pede prioridade de vacinação para gestantes
20/04 - Vidal pede revitalização de creche, implantação de linha de ônibus e saneamento básico em três bairros de Cuiabá
20/04 - Juca do Guaraná Filho participa da posse da nova diretoria COMEC
20/04 - “Provamos que o lockdown é uma medida efetiva”, diz secretária de saúde de Araraquara (SP)
20/04 - Câmara aprova projetos de lei em primeira votação na sessão desta terça
20/04 - Vereador sugere que escolas municipais sejam utilizadas como pontos de vacinação
20/04 - Maysa Leão visita ponto de vacinação na ALMT e pede utilização da 2ª dose em quem ainda não foi imunizado
20/04 - Após luta de vereador, Agentes de Trânsito e de Fiscalização são vacinados contra a Covid-19
20/04 - 14 bairros de Cuiabá recebem indicações do vereador Eduardo Magalhães
19/04 - Câmara continua com sessões remotas, mantém atendimento externo suspenso e servidores entram em sistema de rodízio
19/04 - Câmara de Cuiabá reabre prazo para pedidos de isenção da taxa do concurso
SESSÃO AO VIVO
INFORMES
Praça Moreira Cabral - Centro - s/n - Cuiabá-MT - CEP 78020-010 - Fone: (65) 3617-1500
Desenvolvimento: Secretaria de Comunicação - Todos os direitos reservados © 2018
O horário de atendimento ao público é de segunda a sexta-feira das 7:00hs às 18:00hs.