Início
NOTÍCIAS
24/01/2013
Artistas e produtores culturais pedem apoio à Câmara
Walter Machado
Essa é a primeira reunião do grupo com vereadores

Dezenas de artistas e produtores culturais de Cuiabá pediram na manhã de hoje (24-01) apoio à Câmara Municipal contra a possível fusão das secretarias de Cultura e Turismo da Capital. Alegam que a união, cogitada pela Prefeitura, representaria um retrocesso para o setor, além da possibilidade de perda de recursos.

Conhecido como Frente Pró-Cultua de Cuiabá, o grupo se reuniu com 7 vereadores na Presidência da Câmara durante toda a manhã. Também reivindicou mais investimentos no setor. “Temos conversado com o segmento e não encontramos ninguém que seja favorável a essa medida, que representa na verdade a extinção da Secretaria de Cultura. Ela vem de encontro à política que deveria sim valorizar a área e a economia criativa”, afirma a cineasta Danielle Bertolini.

Durante o encontro, artistas e produtores culturais apresentaram números que comprovam a viabilidade financeira do setor e confirmam a falta de investimentos do poder público, o que chama mais atenção com a proximidade da Copa de 2014, quando Cuiabá poderia divulgar para o mundo o seu potencial turístico e cultural. “O que tem sido feito em Cuiabá se deve à iniciativa das pessoas e não ao apoio oficial”, completa o produtor Paulo Traven.

Mais de 40 artistas e produtores culturais participaram do encontro, marcado pela declaração de apoio de vereadores contra a fusão. Manifestaram-se a favor da reivindicação do grupo os parlamentares Toninho de Souza (PSD), Arilson da Silva (PT), Oséas Machado (PSC), Allan Kardec (PT), Ricardo Saad (PSDB), Dilemário Alencar (PTB) e Faissal Filho (PSB).

“Eu vivo a realidade da cultura todos os dias e conheço muita gente que a produz diariamente. Se vier algum projeto de Le para a Câmara propondo essa fusão, o movimento pode contar com meu voto contra a ideia. Isso não é bom para Cuiabá”, afirma Toninho. Faissal também seguiu na mesma linha ao demonstrar apoio à reivindicação. Oséas declarou ainda preocupação quanto ao futuro dos convênios já firmados. “O que devemos saber é se não perderemos esse dinheiro”. Dilemário Alencar considerou um erro político a Prefeitura falar em fusão, assim como já fez com as pastas de Agricultura, Trabalho, Emprego e Renda. “Com apoio da Mesa Diretora, vamos realizar audiências públicas, usar a tribuna e debater isso com a população. Mais ainda: precisamos garantir 1% do orçamento do município para o setor”, completa Allan Kardec. “Não devemos apenas combater a fusão, temos que discutir formas de garantir mais estrutura para a Secretaria”, completa Arilson.

Secom Câmara



Imprimir Voltar Compartilhar:  




+ Notícias
12/08 - Câmara realiza Sessão Solene em homenagem ao Dia do Advogado
11/08 - CCJR analisa 11 matérias durante 20ª reunião ordinária realizada nesta quinta-feira
11/08 - Vereador se posiciona contra PL que libera caça esportiva em MT: "retrocesso à vida"
11/08 - Projeto que proíbe verba pública em eventos que promovam a sexualização de crianças é aprovado
11/08 - Câmara analisa projetos de lei e pareceres na sessão desta quinta
11/08 - Vereadora cobra luz e água para o Pedra 90 e região
11/08 - Secretária de Saúde atende convocação de vereador e presta contas no TCE
11/08 - Audiência Pública discute a criação e união do Setor III do Três Barras
10/08 - Câmara realiza exposição para celebrar os 50 anos do Palácio Paschoal Moreira Cabral
10/08 - Agora é Lei Semana de Conscientização e Combate ao Preconceito contra as Pessoas Portadoras de Nanismo
10/08 - Nosso Palácio completa 50 anos de história
10/08 - Lei que institui o Fevereiro Laranja campanha de conscientização sobre a leucemia é sancionada
SESSÃO AO VIVO
INFORMES
Praça Moreira Cabral - Centro - s/n - Cuiabá-MT - CEP 78020-010 - Fone: (65) 3617-1500
Desenvolvimento: Secretaria de Comunicação - Todos os direitos reservados © 2018
O horário de atendimento ao público é de segunda a sexta-feira das 7:00hs às 18:00hs.