Início
NOTÍCIAS
10/05/2013
Pedofilia é tema de sessão itinerante no Distrito da Guia
Walter Machado
Nesta segunda-feira, 13-05, a Câmara Municipal de Cuiabá realizará sessão itinerante no Distrito da Guia, requerida pelo vereador e presidente da Casa de Leis, João Emanuel, PSD. Serão discutidas propostas para oficializar ações urgentes, capazes de pôr fim aos abusos sexuais de crianças e adolescentes naquela comunidade e adjacências, explicou o dirigente do Parlamento. João Emanuel disse ter ficado sensibilizado diante da constatação de várias crianças grávidas no distrito, entre 12 e 13 anos de idade. A infância delas foi detonada pelos criminosos sexuais, afirma. 
 
"Isso, sem contabilizar os casos de abuso/gravidez que ainda não foram levantados na zona rural e área urbana da Guia. Nem todos vêm à tona, permanecem camuflados. Então, é preciso que todos se mobilizem para pôr fim a barbaridades semelhantes. O Legislativo cuiabano está igualmente solidário e firme nessa luta travada por várias instituições sociais públicas e privadas".
 
A sessão itinerante terá lugar na Escola Estadual Filogônio Correa, a partir das 19 horas. Emanuel lamenta que a pedofilia hoje esteja alastrada por todo o município, Estado, País e mundo afora. "Infelizmente, os casos de pedofilia não se centralizam apenas no entorno da capital, mas em toda Cuiabá, áreas urbana e periférica. Sem falar no restante do País e Planeta. Motivo pelo qual requeri a realização desta sessão itinerante. Nela, parlamentares, autoridades e a população, em geral, terão oportunidade de debater esse tema de forma mais abrangente".
 
Emanuel prevê inclusive a elaboração de um projeto de lei inovador após as discussões que serão travadas nesta sessão itinerante, "projeto capaz de gerar resultados satisfatórios dentro em breve, com enfoque na complexidade dos casos de pedofilia que temos visto pela imprensa, em geral". A instalação de um Conselho Tutelar na Guia, sublinha o dirigente do Parlamento, "seria uma iniciativa valiosa para consolidar barreiras imediatas à livre ação dos criminosos".
 
Conforme afirmou, a comunidade da Guia e de toda a capital podem contar com a Câmara Municipal de Cuiabá para que terrores semelhantes sejam banidos do cotidiano do município. "O Poder Legislativo é histórico dispositivo instrumental de representação popular e de autoridade expressiva junto às demais instituições oficiais que lutam para combater os males sociais, entre eles a pedofilia. Vamos utilizar esta força, evidentemente".

João Carlos Queiroz Secom/Câmara



Imprimir Voltar Compartilhar:  




+ Notícias
23/08 - Vereadores querem audiência com Governador Mauro Mendes para tratar do VLT
23/08 - Prestes a serem despejados, moradores do Jardim Humaitá pedem ajuda de vereadores
23/08 - Projeto garante prazo para defesa em processos no município apenas em dias úteis
23/08 - Audiência Pública discutirá segurança e saúde do trabalhador municipal de Cuiabá
23/08 - Misael Galvão critica projeto do Cota Zero
23/08 - Câmara reúne secretário de Habitação e moradores do Humaitá em busca de solução para ação de despejo
23/08 - Vereador convoca secretário para radiografar obras da saúde
23/08 - Pastor Adventista divulga projeto que visa quebrar o silêncio na violência infantil
22/08 - Câmara anuncia alteração do local e horário de audiência pública do VLT
22/08 - Licitações deverão ser filmadas e transmitas ao vivo
22/08 - Multas de trânsito poderão ser pagas no cartão de crédito
22/08 - Câmara quer debater proposta que visa transformar a 13 de junho em calçadão
SESSÃO AO VIVO
INFORMES
Praça Moreira Cabral - Centro - s/n - Cuiabá-MT - CEP 78020-010 - Fone: (65) 3617-1500
Desenvolvimento: Secretaria de Comunicação - Todos os direitos reservados © 2018
O horário de atendimento ao público é de segunda a sexta-feira das 7:00hs às 18:00hs.