Início
NOTÍCIAS
05/07/2013
Para Oséas Machado, Cuiabá se prepara para um futuro bem melhor

Ao se pronunciar na Câmara Municipal de Cuiabá, acerca das obras relacionadas à Copa 2014 e outras que acontecem nos quatro cantos da capital mato-grossense, o vereador Oséas Machado,  PSC, salientou que a população tem se sentido incomodada com os transtornos que o empreendimento traz, "por vezes criticando com razão". Porém, no seu entendimento,  o saldo da presente insatisfação será compensador dentro em breve. "Se hoje o povo se queixa dos desvios, buracos, acessos vetados (com veículos) aos locais que costumava frequentar diariamente, é porque muita coisa está acontecendo com foco num amanhã futurista. Após a conclusão de todos os projetos, sem dúvida Cuiabá ficará linda. Parabenizo, assim, o Governo do Estado pela iniciativa de tocar esses empreendimentos, complexos em sua maioria. As atuais críticas serão compensadas pelos elogios de um amanhã e próximo, tenho convicção".
 
Ele voltou também a destacar a questão da UPA Pascoal Ramos, que considera já uma "novela insossa". O parlamentar observa que a edificação da UPA - Unidade de Pronto Atendimento irá atender toda a região Sul, não especificamente o Pascoal Ramos. "A região Sul é enorme, precisa ser assistida, respeitada pelos governantes. Cabe a todos trabalhar conjuntamente para que a propalada UPA saia do diálogo e se transforme na prática tão desejada por todos os residentes no setor periférico. Inclusive, por toda Cuiabá. Uma UPA representa um diferencial expressivo de apoio ao todo da Saúde".
 
Oséas citou emenda parlamentar de autoria do deputado federal Valtenir, no valor de R$ R$ 3,1 milhões, para a construção de um Centro de Diagnóstico na região Sul. "Gostaria que fosse edificado no mesmo local onde hoje está a UPA Pascoal Ramos. Facilitaria em muito o trabalho de atendimento que será realizado ali".
 
Na sequência das críticas de Oséas, o vereador Allan Kardec Pinto, PT, disse que o caso dessa UPA já virou "dramalhão mexicano". Ele afirmou que os recursos já foram empenhados e que providências precisam ser tomadas imediatamente, para evitar que o governo federal corte a verba direcionada ao empreendimento. Os vereadores Arilson da Silva, do PT, e Ricardo Sadd, do PSDB, também reforçaram as críticas sobre o impasse em torno da construção da UPA. "Ao que tudo indica, parece que a Prefeitura de Cuiabá prefere perder os recursos federais autorizados à construção da UPA Pascoal Ramos. A Prefeitura sequer iniciou as obras. A sociedade exige respostas e ações. Mas isso não está acontecendo".
 
João Carlos Queiroz Secom/Câmara


Imprimir Voltar Compartilhar:  




+ Notícias
05/03 - Câmara realiza sessão solene em homenagem ao Dia da Mulher
05/03 - Vidal pede ações de tapa buraco, limpeza, instalação de ponto de ônibus e construção de rotatória no 1° de março
05/03 - Emenda do vereador Renivaldo Nascimento garante reforma de praça no Dom Aquino
05/03 - Sargento Joelson cobra entendimento entre executivos
05/03 - Sala da Mulher Vereadora Maria Nazareth Hann completa um ano
05/03 - Vereador Eduardo pede limpeza de escola e de pontos dos bairros Nova Esperança 3, Jd. Industriário 2, e Jardim Botânico
04/03 - Tribuna livre discute situação da mulher negra
04/03 - Assembleia apresenta propostas para serem trabalhadas em conjunto com a Câmara
04/03 - Vereadora defende articulação de forças e políticas contra a fome e pela vacina
04/03 - T. Coronel Paccola cobra prioridade de vacinação para Profissionais da Segurança Pública
04/03 - Câmara adota novas medidas de biossegurança
04/03 - Vereador Eduardo solicita implementação de lombadas, faixa de pedestre e sinalização na pista em frente à escola Dr. Mário de Castro
SESSÃO AO VIVO
INFORMES
Praça Moreira Cabral - Centro - s/n - Cuiabá-MT - CEP 78020-010 - Fone: (65) 3617-1500
Desenvolvimento: Secretaria de Comunicação - Todos os direitos reservados © 2018
O horário de atendimento ao público é de segunda a sexta-feira das 7:00hs às 18:00hs.