Início
NOTÍCIAS
15/08/2013
Oséas: "CAB tem abusado da paciência do povo cuiabano"
Na opinião do vereador Oséas Machado, PSC, um dos parlamentares que assinaram hoje (15-08) o requerimento do vereador Renivaldo Nascimento, PDT, para a instauração de CPI que examinará os termos e o cumprimento dos serviços assinalados no contrato da CAB de Cuiabá, a iniciativa do colega é importante e pode contar com seu integral apoio. "De há muito essa empresa, a CAB, desempenha suas atividades a bel prazer, sem que seja cobrada a melhorar os serviços e, principalmente, cumprir as normas contratuais. Isso não acontece da forma assinalada no contrato, e aí é imprescindível que se explique à sociedade. Afinal, é quem paga por serviços anunciados e disponibilizados precariamente, quando acontecem".

Oséas citou seu próprio exemplo. "A conta de água de minha casa, que sempre chega pontualmente, teve seu valor dobrado entre um mês e outro. Quer dizer: é ilegal e injusto com o  usuário do sistema. Imaginem o lucro da CAB se cobrar dobrado de toda a população cuiabana. Se ninguém reclamar, a coisa permanece. E a tendência, veja bem, é de piorar. Já se diz popularmente: quem apanha calado e não reage pode apanhar continuamente. A CAB tem batido no povo cuiabano com deficiências no abastecimento, rede de esgoto e, principalmente, com contas altíssimas, impagáveis. Então, não podemos apanhar calados, é preciso reagir. A CPI do colega Renivaldo reabre novamente essa discussão".

Em vários bairros da capital, com enfoque nos periféricos, aponta Machado, "a água se tornou uma visitante rara". Muitos comunitários nem dormem direito por conta disso. "Por vezes, chega altas horas da noite, quando aproveitam para encher caixas e baldes. Uma situação que confronta a promessa da CAB de universalizar o abastecimento d'água em três anos, sequenciando a universalização do tratamento de esgoto. Nem um nem outro tem dado mostras de que irá acontecer tão breve... A água aparece de maneira furtiva pela madrugada, enquanto as contas sempre chegam pontuais. Tem muita gente pagando caro apenas por vento. A CAB terá que explicar como tem trabalhado no Legislativo".

A ausência de redes de esgoto e ETEs (Estações de Tratamento de Esgoto) compatíveis à grande carga produzida diariamente na capital, adverte Oséas Machado, pode levar a um comprometimento definitivo do Pantanal. "O Rio Cuiabá encontra-se repleto de lixo. Suas águas recebem toneladas de dejetos todos os dias. Não é preciso ser técnico ou adivinho para prever que esse manancial histórico tem seus dias contados. Não irá resistir à carga de depredação ininterrupta".

João Carlos Queiroz - Secom/Câmara 


Imprimir Voltar Compartilhar:  




+ Notícias
05/03 - Câmara realiza sessão solene em homenagem ao Dia da Mulher
05/03 - Vidal pede ações de tapa buraco, limpeza, instalação de ponto de ônibus e construção de rotatória no 1° de março
05/03 - Emenda do vereador Renivaldo Nascimento garante reforma de praça no Dom Aquino
05/03 - Sargento Joelson cobra entendimento entre executivos
05/03 - Sala da Mulher Vereadora Maria Nazareth Hann completa um ano
05/03 - Vereador Eduardo pede limpeza de escola e de pontos dos bairros Nova Esperança 3, Jd. Industriário 2, e Jardim Botânico
04/03 - Tribuna livre discute situação da mulher negra
04/03 - Assembleia apresenta propostas para serem trabalhadas em conjunto com a Câmara
04/03 - Vereadora defende articulação de forças e políticas contra a fome e pela vacina
04/03 - T. Coronel Paccola cobra prioridade de vacinação para Profissionais da Segurança Pública
04/03 - Câmara adota novas medidas de biossegurança
04/03 - Vereador Eduardo solicita implementação de lombadas, faixa de pedestre e sinalização na pista em frente à escola Dr. Mário de Castro
SESSÃO AO VIVO
INFORMES
Praça Moreira Cabral - Centro - s/n - Cuiabá-MT - CEP 78020-010 - Fone: (65) 3617-1500
Desenvolvimento: Secretaria de Comunicação - Todos os direitos reservados © 2018
O horário de atendimento ao público é de segunda a sexta-feira das 7:00hs às 18:00hs.