Início
NOTÍCIAS
27/09/2013
Vereadores querem que CAB resolva deficiências na rede de esgoto da periferia
Walter Machado
Adilson Levante: "Região Sul tem emitido alertas sucessivos sobre falta de rede de esgoto"

Os vereadores Chico 2000, PR, Adilson Levante, PSB, e Oséas Machado, PSC, oficializaram hoje (27-09) documento à CAB  Ambiental, onde solicitam providências da empresa para implantar/reparar as redes de esgoto dos bairros periféricos de Cuiabá, situados na região Sul.  Eles fizeram questão de entregar pessoalmente o documento ao economista Ítalo Joffily, diretor da CAB, com quem mantiveram reunião para detalhar a caótica situação vivenciada pelos moradores que não contam com saneamento básico.

Conforme os parlamentares, é urgente que a CAB empreenda uma estruturação completa da rede de esgoto nos bairros Osmar Cabral, Fortaleza, Vila Nova, Santa Laura, Novo Milênio e Liberdade. Ítalo Joffily ouviu atentamente essa exposição e garantiu que providências serão ultimadas pela CAB.

Segundo Adilson Levante, quem mora na região Sul tem enfrentado dificuldades imensas, em face da inexistência de redes de esgoto. "Isso - enfatizou - sem falar nos problemas eventuais de abastecimento d'água que alguns moradores periféricos também se queixam".  E sem rede de esgoto, alertou, a saúde dos moradores está em risco.

"Não é um quadro agradável de ser presenciado. Corredeiras e mais corredeiras de dejetos correm a céu aberto pelas ruas de vários bairros do Grande Pedra 90. Inocentes e descalças, muitas crianças brincam nessas poças fétidas. O resultado disso é que elas ficam doentes, com feridas nos pés, inchaço nas pernas, olhos... Contaminação que atinge também adultos, principalmente os idosos".

Oséas Machado afirmou ao diretor Ítalo Joffily que Cuiabá deixou de ser uma cidade com porte interiorano para se agigantar rumo ao futuro progressista, desenvolvimentista. "A cidade não tem mais condições de conviver com situações do tipo. De há muito empreendeu uma marcha determinada de crescimento. Não apenas por imposição das obras da Copa, mas pelo potencial ofertado pelo Estado em várias trincheiras produtoras".

Na sua opinião, respostas estruturais imediatas precisam ser implantadas também na área de saneamento básico para que Cuiabá não se torne refém das próprias demandas geradas ao longo dos tempos.  "Até mesmo para não sermos alvos de críticas de outros centros próximos, com estruturas consolidadas nesse setor. Rede de esgoto não é luxo, é fator imprescindível para garantir saúde e melhor qualidade de vida à população".

 

João Carlos Queiroz Secom/Cuiabá

 



Imprimir Voltar Compartilhar:  




+ Notícias
21/09 - 26/09 - CPI da Saúde
21/09 - 27/09 - Audiência Pública - Relatório segundo quadrimestre de 2018 pelo gestor do Sistema Único de Saúde
21/09 - 28/09 - CPI da Saúde
21/09 - Vereador conclama população para jogo do Cuiabá pela final da Série C
20/09 - Bussiki é nomeado membro do Conselho de Bem-Estar Animal
20/09 - Opinião: O “apartheid” profissional
20/09 - LACEC: Ex-coordenadora afirma ter recebido pedido de pagamento superfaturado e que falta de insumos e reagentes favorece terceirizada
19/09 - POLÍTICA NA MESA: Sorteio de jantar na casa do vereador Felipe Wellaton (PV) será na sexta-feira
19/09 - A importância da representação dos cuiabanos no parlamento estadual e federal: memória e perspectivas
19/09 - Vereador critica proposta do executivo e a avalia como “apartheid” profissional
19/09 - Marcos Veloso apresenta moção de pesar aos familiares de Antônio Mulato
SESSÃO AO VIVO
INFORMES
Praça Moreira Cabral - Centro - s/n - Cuiabá-MT - CEP 78020-010 - Fone: (65) 3617-1500
Desenvolvimento: Secretaria de Comunicação - Todos os direitos reservados © 2018
O horário de atendimento ao público é de segunda a sexta-feira das 7:30hs às 13:30hs.