Início
NOTÍCIAS
01/04/2014
Profissionais da Educação Física participam de audiência e elogiam iniciativa
Otmar de Oliveira - Secom
Vereador Allan Kardec (PT).
Professores de Educação Física, representantes de universidades da Capital e de Várzea Grande, além de universitários e profissionais que atuam na Grande Cuiabá, participaram da audiência pública presidida pelo vereador Allan Kardec (PT) nesta segunda-feira (31) na Câmara Municipal de Cuiabá. O objetivo foi debater sobre a necessidade e anseios da categoria para que Mato Grosso tenha seu próprio Conselho Regional de Educação Física.
 
A audiência também foi solicitada pelo vereador para reforçar a necessidade de coibir a prática ilegal da profissão por pessoas que não têm formação e nem qualificação para atuar. Em 2013, os 30 maiores municípios do Estado foram alvos de uma fiscalização integrada pelo Conselho Regional de Educação Física da 11ª Região (Crefi 11/MS-MT) Mato Grosso do Sul – Mato Grosso, cuja sede está localizada em Campo Grande.  O problema é que a seccional de Mato Grosso só dispõe de um único fiscal, o que torna inviável uma atuação mais firme e eficiente.
 
Allan destacou que 60% dos profissionais que pagam sua anuidade estão em Mato Grosso. “Estamos aqui reivindicando a exclusividade de um Conselho no nosso Estado, que seria o Crefi 15. Queremos a partir de 2015 ter um Conselho só nosso e aumentar o número de fiscais, pois temos somente um fiscal em Mato Grosso e precisaríamos de pelo menos mais 20 fiscais”.
 
O presidente da seccional Mato Grosso Crefi 11, Carlos Alberto Eilert, o professor Carlinhos, aproveitou a audiência para fazer uma prestação de contas e relatou os avanços e conquistas do Conselho nos últimos anos. Explicou que vem realizando uma intensa campanha em vários municípios mato-grossenses e percorreu 35 mil quilômetros em busca de apoio para criação do Conselho Regional de Educação Física do Estado.
 
Também vem alertando para a necessidade dos profissionais se registrarem e manter em dia o pagamento anual. Justifica que os Conselhos Regionais dependem do pagamento das mensalidades para sobreviver administrativo e financeiramente.  O resultado disso é que a inadimplência que há 3 anos atrás atingia 70%, hoje já caiu para 45%. Isso possibilitou a compra de um veículo novo para ser utilizado nas fiscalizações e outras demandas do Conselho.
 
Ele explica que a seccional de Mato Grosso tem apoio total da sede no Mato Grosso do Sul, mas o desmembramento do Conselho é um anseio da categoria. Informa que existe um número mínimo de 2 mil profissionais para criar um Conselho, uma exigência do Conselho Federal para comprovar a capacidade de sobrevivência financeira e administrativa. Essa quantidade já foi ultrapassada, pois em Mato Grosso existem hoje 3.482 profissionais.
 
Carlinhos ressaltou ainda que a população na hora de buscar uma academia, treinamento, atividade física orientada precisa escolher um profissional habilitado, formado, credenciado e apto para exercer a profissão. “Estamos alertando a população para que tenha consciência e não aceite profissionais piratas, que não estejam registrados no Conselho, pois isso atinge profundamente a saúde”, alertou.
 
Na audiência houve a participação de profissionais de Cuiabá, Várzea Grande e de Chapada dos Guimarães.  O evento contou ainda com a presença do vereador Arilson da Silva (PT), de representante do gabinete do deputado Alexandre César e ainda membros da UFMT, Unic e Univag. Comentaram sobre a realidade local, as dificuldades e apresentaram propostas de melhorias a serem debatidas, inclusive sugestão de projeto de lei municipal.
 
Elogiaram ainda a iniciativa de debater o assunto em audiência pública, algo que nunca tinha ocorrido na Câmara de Cuiabá. Um documento com as deliberações da audiência será encaminhado às Secretarias de Educação, de Saúde, universidades e demais pastas e entidades interessadas em ampliar as discussões.

Assessoria de Imprensa - Welington Sabino



Imprimir Voltar Compartilhar:  




+ Notícias
18/09 - Câmara reúne servidores da saúde para debater Projeto 25
18/09 - Alunos indígenas visitam a Câmara de Cuiabá
18/09 - Escola Elza Luiza Esteves reforça a importância da árvore durante o 25º PlantAR
18/09 - CCJ analisa 17 projetos de lei nesta quarta
18/09 - Parque Geórgia começa a receber manilhamento
17/09 - Policiais vão fazer rondas permanentes no entorno da Câmara de Cuiabá
17/09 - Vereadores aprovam isenção de IPTU para templos religiosos que funcionam em imóveis alugados
17/09 - Aprovada Lei que obriga empresas a reparar danos ao Erário
17/09 - Corte de energia e outros serviços poderá ser proibido às sextas, sábados, domingos e feriados
17/09 - Projeto prevê brinquedos a pessoas com deficiência
SESSÃO AO VIVO
INFORMES
Praça Moreira Cabral - Centro - s/n - Cuiabá-MT - CEP 78020-010 - Fone: (65) 3617-1500
Desenvolvimento: Secretaria de Comunicação - Todos os direitos reservados © 2018
O horário de atendimento ao público é de segunda a sexta-feira das 7:00hs às 18:00hs.