Início
NOTÍCIAS
20/03/2015
Dilemário comemora aprovação de lei que proíbe dupla função para motorista de ônibus
Luiz Alvez - Secom
Vereador Dilmeário Alencar (PTB).

Por unanimidade, a Câmara de Vereadores de Cuiabá aprovou na sessão desta quinta-feira (19.03), a mensagem do Executivo Municipal que proíbe a dupla função para motoristas de ônibus. Na prática o novo projeto de lei anula uma outra lei do Executivo que foi aprovada no final do ano de 2014 e que autorizava motoristas das empresas do transporte coletivo a comercializar o cartão transporte dentro dos ônibus.


“Atendendo um lobby dos empresários do transporte coletivo, o Executivo encaminhou uma lei ao parlamento municipal no qual permitia os motoristas de ônibus comercializar o cartão transporte. Infelizmente essa norma foi aprovada no final do ano de 2014, o que transgrediu a lei nº 5.695 de minha autoria, aprovada no ano de 2013, que já proibia o motorista a exercer dupla função, ou seja, dirigir o ônibus e ao mesmo tempo exercer a função do cobrador. No entanto, essa lei nunca foi respeitada nem pelo Executivo e nem pelas empresas de ônibus”, explicou Dilemário.


O parlamentar disse que levou o assunto ao conhecimento do Ministério Público Estadual, visto que a lei do executivo que autorizava motoristas das empresas do transporte coletivo a comercializar o cartão transporte dentro dos ônibus era flagrantemente inconstitucional.


“O Executivo enfim entendeu que a dupla função é ilegal. Espero que agora de fato seja proibido o motorista dirigir e comercializar o cartão transporte. Na verdade, o correto seria a prefeitura obrigar as empresas de ônibus a contratarem cobradores, como uma forma de melhorar o atendimento e dar mais segurança para milhares de pessoas que usam ônibus no seu dia a dia”, defendeu Dilemário.


O projeto de lei de autoria do vereador Dilemário prevê penalidades, advertência e multa de R$ 20 mil por reincidência e, ainda, a cassação da concessão da empresa que exigir dos motoristas o exercício da função cumulada a de cobrador. A lei nº 5.695 foi sancionada pelo prefeito Mauro Mendes no dia 20 de agosto de 2013.


Assessoria de Gabinete.



Imprimir Voltar Compartilhar:  




+ Notícias
20/04 - Vereadora Michelly pede prioridade de vacinação para gestantes
20/04 - Vidal pede revitalização de creche, implantação de linha de ônibus e saneamento básico em três bairros de Cuiabá
20/04 - Juca do Guaraná Filho participa da posse da nova diretoria COMEC
20/04 - “Provamos que o lockdown é uma medida efetiva”, diz secretária de saúde de Araraquara (SP)
20/04 - Câmara aprova projetos de lei em primeira votação na sessão desta terça
20/04 - Vereador sugere que escolas municipais sejam utilizadas como pontos de vacinação
20/04 - Maysa Leão visita ponto de vacinação na ALMT e pede utilização da 2ª dose em quem ainda não foi imunizado
20/04 - Após luta de vereador, Agentes de Trânsito e de Fiscalização são vacinados contra a Covid-19
20/04 - 14 bairros de Cuiabá recebem indicações do vereador Eduardo Magalhães
19/04 - Câmara continua com sessões remotas, mantém atendimento externo suspenso e servidores entram em sistema de rodízio
19/04 - Câmara de Cuiabá reabre prazo para pedidos de isenção da taxa do concurso
SESSÃO AO VIVO
INFORMES
Praça Moreira Cabral - Centro - s/n - Cuiabá-MT - CEP 78020-010 - Fone: (65) 3617-1500
Desenvolvimento: Secretaria de Comunicação - Todos os direitos reservados © 2018
O horário de atendimento ao público é de segunda a sexta-feira das 7:00hs às 18:00hs.