Início
NOTÍCIAS
11/06/2008
Lutero homenageia o garoto Ale Guilherme e resgata sua história
Secom Câmara/CBA
Vereador Lutero Ponce inaugura mais uma placa nominativa
O vereador e presidente da Câmara Municipal de Cuiabá, Lutero Ponce (PMDB), inaugurou nesta quarta-feira, 11 de junho, a placa nominativa da creche municipal “Ale Guilherme Arfux da Costa Ribeiro” no bairro Jardim União. Ale, neto da advogada e presidente da Comissão da Infância e Juventude da OAB/MT, Rosarinha Bastos, morreu em setembro de 2005 com apenas sete anos de idade. A creche que leva o nome do garoto Ale Guilherme desde janeiro de 2006 atende hoje 90 crianças em período integral.

A inauguração da placa faz parte do projeto de resgate histórico do vereador Lutero Ponce em conformidade com a Lei Municipal 4.992 de 2007. Segundo o vereador, o projeto visa registrar a história do patrono de cada instituição pública municipal em placa de aço inox para que todos saibam quem foi essa pessoa em vida e porque mereceu tal homenagem. “A placa vem mostrar um pouquinho da história do Ale que, apesar de ter falecido com pouca idade fez história e se destacou entre os amiguinhos e até entre os adultos, era uma criança inteligentíssima. É importante que os funcionários da creche conheçam essa história, porque a história de uma cidade é feita pelas pessoas que aqui passaram”, garantiu.

Lutero afirmou ainda que sozinho não teria conseguido levar o projeto adiante e agradeceu o apoio dos vereadores da Câmara que aprovaram o seu projeto de lei, ao prefeito Wilson Santos por ter sancionado a Lei e a parceria da UNIMED que financia a confecção das placas.

A gerente da creche, Marilza Santos de Oliveira Vogado, acredita que com a placa é muito mais fácil contar a história de Ale, já que há muitas pessoas que interessam em conhecê-la. “Pra mim é uma satisfação ter a presença de vocês e por terem lembrado da nossa creche”, afirmou.

Conforme trecho da placa inaugurada, “Ale defendia o Estatuto da Criança e do Adolescente como se já tivesse conhecimento de causa. Estudava no colégio Ibero Americano (...). Na sala da casa da vovó tinha uma cadeira -chinesinha- era o pavor do Ale Guilherme, pois todas as vezes que ele fazia algo de errado a vovó o colocava para “pensar”. Então ele dizia: Vó dá essa cadeira, não combina com a sala...Sempre que sua mãe lhe dava uns “puxões”, ele dizia: olha o meu direito de criança e de adolescente, vou ao Conselho Tutelar com minha vó. Ale Guilherme freqüentava os Conselhos de Direito da Criança e do Adolescente junto com a vovó. Viajava para os Congressos com ela, ia junto fazer as Audiências na Vara da Infância e Juventude; e chamava os adolescentes internos de meus amiguinhos. Um deles lhe deu um quadro de presente (artesanato trabalhado no Pomeri). Era muito preocupado com os amiguinhos que pediam dinheiro nas ruas e aconselhava a todos: tio, tia, anda com bolacha no carro e dá para os meus amiguinhos da rua, balinha também”.

Assessoria: Secom CâmaraCba/Glaucia Colognesi



Imprimir Voltar Compartilhar:  




+ Notícias
22/07 - População e funcionários sobem o morro de Santo Antônio
22/07 - Câmara promove readequação e gera economicidade
22/07 - População e funcionários sobem o morro de Santo Antônio
22/07 - Câmara promove readequação e gera economicidade
18/07 - Câmara limpa a pauta e encerra semestre legislativo
18/07 - NOTA DE ESCLARECIMENTO
18/07 - Contas do município são aprovadas na Câmara
18/07 - Vereadores prestigiam entrega de estação elevatória pelo prefeito
18/07 - Estudante faz vaquinha digital para realizar sonho de ser astronauta
SESSÃO AO VIVO
INFORMES
Praça Moreira Cabral - Centro - s/n - Cuiabá-MT - CEP 78020-010 - Fone: (65) 3617-1500
Desenvolvimento: Secretaria de Comunicação - Todos os direitos reservados © 2018
O horário de atendimento ao público é de segunda a sexta-feira das 7:00hs às 18:00hs.