Início
NOTÍCIAS
15/03/2017
Vereadores debatem transporte em Cuiabá
Ednei Rosa - Secom/CMC
Os vereadores Paulo Araújo e Diego Guimarães, ambos do PP, vão realizar uma audiência pública, nesta sexta-feira (17), às 9 horas, no auditório da OAB, para debater questões relacionadas às várias modalidades de transporte alternativo que operam em Cuiabá.

Por conta disso, representantes do setor de transporte estiveram reunidos, quarta-feira (17), pela manhã, na sala da presidência da Câmara Municipal. Na ocasião, o presidente, vereador Justino Malheiros (PV) afirmou que “a Câmara recepciona as discussões, como uma forma de trazer a sociedade, através dos vários segmentos organizados, para dentro do parlamento. Com isso buscamos ouvir a sociedade e trabalhar para encontrar as soluções que ela almeja”.

Como toda grande cidade, em Cuiabá, o transporte é uma questão delicada, pois envolve vários interessados. Cuiabá e Várzea Grande, em função da proximidade, enfrentam dificuldades semelhantes. Em Cuiabá rodam de forma legalizada, 604 táxis, em Várzea Grande , 187. Um dos problemas trazidos nesta reunião, é a presença de aproximadamente 700 carros que operam como táxi de forma não legalizada, rodando pelas duas cidades.

O presidente da Associação Matogrossense dos Taxistas, Abel Arruda, esclareceu que “para nós o problema não é o preço, já foram criados cerca de 19 aplicativos que os motoristas utilizam apenas para cadastrar o cliente. Eles atuam livremente nas escolas fazendo a captação entre os alunos, principalmente”. Na visão de Arruda isso gera insegurança, pois não se sabe quem são esses motoristas. Ele acrescenta que “são mais de 30 motoristas que atuam clandestinamente, e prejudicam o trabalho daqueles que estão legalizados”.

O vereador Guimarães, informou que já encaminhou ao Executivo Municipal um anti-projeto de lei com a finalidade de regulamentar a atividade de motoristas que atuam de forma alternativa na cidade. Já o vereador Araújo, acredita que na desoneração como uma maneira de fomentar essas atividades. São questões que devem ser levantadas e debatidas durante a audiência, pois como frisou o Guimarães, “a finalidade de uma audiência pública é construir soluções”.

Secretaria de Comunicação
Etevaldo ‘d Almeida



Imprimir Voltar Compartilhar:  




+ Notícias
23/05 - TRANSPORTE PÚBLICO: Projeto de lei prevê passe livre para acompanhante da criança até a escola
23/05 - Vereadores homenageam rotaryanos por 50 anos de trabalhos voluntários
23/05 - Vereador cria lei para prevenir casos de violência doméstica contra crianças e adolescentes
22/05 - Audiência pública vai discutir aplicação da emenda de R$ 82 milhões para equipar novo pronto-socorro
22/05 - Saúde Pública na capital volta a ser tema de debates na Câmara de Cuiabá
22/05 - Câmara realiza sessão solene para entrega de Título Honorífico aos Festeiros do Divino
22/05 - Dr. Xavier e deputado Guilherme Maluf querem cirurgia bariátrica incorporada ao atendimento da Caravana
22/05 - Emanuel Pinheiro assina decreto que regulamenta "Lei da ruas sem saída"
21/05 - Após audiência, área mantém-se preservada no bairro Parque Cuiabá
21/05 - Bussiki premia estudante por redação que estimula a adoção de crianças
21/05 - Bussiki premia estudante por redação que estimula a adoção de crianças
SESSÃO AO VIVO
INFORMES

Câmara Municipal de Cuiabá - Praça Moreira Cabral
Centro - s/n - Cuiabá-MT - CEP 78020-010 - Fone: (65) 3617-1500
Todos os direitos reservados © 2013 - Desenvolvimento: Secretaria de Comunicação
O horário de atendimento ao público é de segunda a sexta-feira das 7:30hs às 13:30hs.