Início
NOTÍCIAS
11/05/2017
Abilio Junior defende categoria de profissionais da Atenção Básica de Saúde
Erlan Aquino
Vereador Abilio Junior
O vereador Abilio Junior (PSC) defendeu a categoria de profissionais da Atenção Básica de Saúde de Cuiabá, que está ameaçada de sofrer uma corte de gratificação, que poderá acarretar em perda salarial líquido de 60%, conforme representantes da classe. Pois, segundo a categoria, uma minuta de projeto de lei que prevê mudanças no processo de gratificação repassado atualmente aos profissionais da Atenção Básica deverá ser encaminhada pela Prefeitura de Cuiabá para aprovação junto à Câmara de Vereadores.

“Acho justo que haja uma condição de meritocracia para remuneração dos profissionais da Atenção Básica, em especial os enfermeiros e técnicos de enfermagem. Mas, antes de fazer isso, vejo que deve haver melhores condições de trabalho para que eles possam alcançar esses resultados. Só acho que jogar nas costas desses profissionais a redução do benefício salarial, sem que essa melhoria ocorra, é prejudicar quem mais ajuda lá na ponta”, disse Abilio.
A enfermeira Catarina Célia de Araújo, que atua no Posto de Saúde da Família (PSF) do bairro Renascer, explicou ainda, que, com a execução da menuta, a gratificação seria repassada apenas aos enfermeiros, por meio de metas, que seria o ‘Prêmio Saúde’.

“As equipes de PSFs não são compostas somente por enfermeiros. Há todo um corpo técnico, formado por médicos, odontólogos, técnicos em enfermagem e outros profissionais da área de saúde. Primeiro, não é justo sofrermos uma redução de aproximadamente 60% na nossa renda mensal líquida. Segundo, já que eles querem implantar metas, que nos dê condições para isso e, mais, que contemple todo profissional que atende a rede básica de saúde”, ponderou Catarina, ao salientar que muitos desses profissionais adquirem materiais e insumos de saúde (luva, álcool, gases, etc) com recursos próprios.

Nessa terça-feira (09-05), um grupo de aproximadamente 50 trabalhadores, enfermeiros e técnicos de enfermagem, esteve presente na Casa de Leis para pedir apoio aos parlamentares.

“O Abilio foi um dos primeiros a conhecer a problemática. Por ser um rapaz jovem na política, vemos que ele está lutando para enfrentar essa questão, tornando um vereador independente, mostrando para nossa categoria e toda população uma postura ímpar, de caráter”, disse Catarina, ao presenciar a sugestão dada pelo vereador a categoria, de elaborar uma carta que deverá ser entregue para coleta de assinatura dos demais vereadores que realmente estiverem em defesa dos direitos desses profissionais.

Além de Abilio, também se colocou em favor da causa o vereador Chico 2000 (PR), além de outros que sinalizaram em defesa da categoria.

Assessoria de Imprensa/Vereador Abilio Junior



Imprimir Voltar Compartilhar:  




+ Notícias
17/04 - Nota de pesar | Dr. João Batista
16/04 - Vereador Dr. Luiz Fernando propõe PL para tornar obrigatório o exame do quadril para recém-nascido
16/04 - Bairro Alvorada receberá serviço de cata-treco após indicação do vereador Sargento Joelson
16/04 - População pode opinar sobre PL do Estatuto da Igualdade Racial até maio
16/04 - Comissão discute ações de combate aos abusos e consumo de drogas lícitas e ilícitas por crianças e adolescentes
16/04 - Nota de pesar | Célio Fúrio
15/04 - Câmara prorroga regime de teletrabalho até 19 de abril
15/04 - Câmara autoriza Cuiabá a participar de consórcio intermunicipal de saúde
15/04 - Tratamento de pacientes oncológicos e combate à discriminação racial foram temas discutidos na Tribuna Livre
15/04 - Juca apresenta indicações de limpeza, manutenção de boca de lobo e iluminação pública para bairros de Cuiabá
15/04 - Emenda de Vidal pede celeridade em atendimento de pacientes suspeitos de TEA e Síndrome de Down
SESSÃO AO VIVO
INFORMES
Praça Moreira Cabral - Centro - s/n - Cuiabá-MT - CEP 78020-010 - Fone: (65) 3617-1500
Desenvolvimento: Secretaria de Comunicação - Todos os direitos reservados © 2018
O horário de atendimento ao público é de segunda a sexta-feira das 7:00hs às 18:00hs.