Início
NOTÍCIAS
11/08/2017
Na tribuna, Veloso denuncia guerra de facções em Cuiabá e região
Assessoria de Imprensa/Vereador Marcos Veloso
Vereador Marcos Veloso
O vereador Marcos Veloso (PV) lançou um alerta da tribuna, na Sessão Ordinária desta quinta-feira (10). Ele afirmou que existe uma guerra declarada de duas facções criminosas em curso na região metropolitana de Cuiabá pela disputa do tráfico de drogas. Para ele, Cuiabá está no mesmo caminho do Rio de Janeiro. “Uma das facções proibiu furto e roubo de motocicletas abaixo de 200 cc. Resultado: esse tipo de crime diminuiu 90% em Várzea Grande, nos 60 dias. Também está proibido furto e roubo de celular de trabalhador nos pontos de ônibus”.

Veloso relatou que fez uma pesquisa junto a moradores da Região Oeste de Cuiabá e ouviu, preocupado, que estão contentes com a situação porque “acabaram os crimes”. Mas a proteção do bandido é ilusória. Segundo ele, o próximo passo será a cobrança de serviços como energia elétrica e gás de cozinha. “As pessoas vão ter que pagar para usufruir desses serviços”, explicou.

Uma moradora contou que bandidos estão a procura de um dos seus filhos, por que ele teria feito um roubo dentro do bairro. O rapaz não está mais em Mato Grosso, mas nem por isso a família está tranquila. O parlamentar frisa que “isso é preocupante. O Poder Público precisa olhar com mais atenção para isso. Cuiabá, em breve, poderá estar nas mãos de criminosos”.

Delegado polícia, portanto com conhecimento dessa área, o vereador afirmou que na última terça-feira, um membro da facção PCC foi degolado por rivais. “Ele não interrompeu o tráfico no bairro”, esclareceu. Veloso então descreveu que esse é um castigo imposto a quem desobedece as ordens dos cabeças. Os castigos começam com agressões, depois quebram braços em seguida decepam as mãos. “Onde o Estado falha, eles ocupam e impõem suas regras”, observou.

“Os criminosos já estão contratando membros com carteira assinada para trabalhar”, denunciou Veloso. Ele lamentou que Cuiabá esteja seguindo esse caminho e lembrou que a Câmara, os vereadores, têm um compromisso com a Cuiabá dos 300 anos, com a sociedade. “Cuiabá não pode se transformar em um Rio de Janeiro sem praia”, encerrou.

SECOM – CÂMARA DE CUIABÁ
ASSESSORIA




Imprimir Voltar Compartilhar:  




+ Notícias
17/08 - Vereador Dilemário defende que prefeitura promova enfrentamento ao avanço do crack em Cuiabá
17/08 - Audiência pública debaterá revitalização do complexo da salgadeira
17/08 - Problemas de acessibilidade são tratados na Tribuna Livre da Câmara
17/08 - Microcefalia une mães em busca de apoio do Legislativo municipal
17/08 - Vereador Abilio apoia MBL em favor da “Escola Sem Partido”
17/08 - Vereador Toninho de Souza viabiliza "operação tapa-buraco” no Parque Cuiabá
17/08 - CCJ avalia Projeto de Lei inovador no país sobre qualidade mínima para reforma de escolas
17/08 - Rafael Martine realiza exposição “Os olhares da lente” na Câmara de Cuiabá
17/08 - PL de Luís Cláudio, sobre Apoio aos portadores de Doença Celíaca, é aprovada pela Câmara e aguarda sansão do Executivo municipal
16/08 - Vereador Mário Nadaf cobra denominação das Ruas do Bairro Cidade Verde
16/08 - Vereador Misael Galvão se empenha e consegue viabilizar o asfalto para bairro São Roque
16/08 - Educação rural e EJA são tema de debates na Câmara de Cuiabá
SESSÃO AO VIVO
INFORMES

Câmara Municipal de Cuiabá - Praça Moreira Cabral
Centro - s/n - Cuiabá-MT - CEP 78020-010 - Fone: (65) 3617-1500
Todos os direitos reservados © 2013 - Desenvolvimento: Secretaria de Comunicação
O horário de atendimento ao público é de segunda a sexta-feira das 7:30hs às 13:30hs.