Início
NOTÍCIAS
06/11/2008
Moradores revoltados com atraso das obras da Lagoa Encantada
A ordem de serviço da obra de revitalização da Lagoa Encantada-CPA é de 05 de junho de 2007 com prazo de conclusão de 180 dias. A empresa vencedora da licitação, Geosolo Engenharia Planejamento, e Consultoria Ltda, não concluiu os trabalhos no período estabelecido e transformou o sonho de cinqüenta mil moradores da região numa espécie de pesadelo e ameaça constante para a saúde de quem sofre com o mau cheiro.

Inconformado com a falta de continuidade dos trabalhos José Carlos Tibres Sampaio ocupou pela terceira vez a tribuna livre da Câmara Municipal de Cuiabá para cobrar providência da Prefeitura. Segundo o morador, o valor licitado é de R$ 1.809.268,99, pagos com recursos da união e município.

Tibres explicou que o objetivo inicial da ETE Lagoa Encantada é a otimização do sistema, reutilizando do afluente final em fertirrigação e psicultura e ações de educação ambiental junto à população local. O município pretendia ainda revitalizar a área e inserir no circuito de atrativos turísticos de Cuiabá, em especial, local para sensibilização ecoturística cujo tema será o Meio Ambiente, os Córregos e Rios formadores do Pantanal.

“A intenção de implantar o Parque Municipal Ambiental Turístico Córrego do Caju/Gumitá, as margens dos córregos do caju e Gumitá não saiu do papel, a realidade é outra. Todo o esgoto é despejado no Córrego do Caju e a poluição ameaça e agride o meio ambiente”, afirmou.

A Prefeitura Municipal através da Companhia de Saneamento da Capital figura como órgão coordenador da obra.

O contrato prevê ainda aquisição e instalação de infra-estrutura para bombeamento e reuso do afluente tratado; reformas nas lagoas de Estabilização-Talude; execução de filtro lento para retirada de algas e canal com telas; fornecimento e execução de reservatório elevado com 30,00 m³; urbanização, estacionamento, trilhas de caminhada, viveiro, paisagismo, mirante, auditório, sanitários, etc.

A questão já envolve comissão de vereadores. Ministério Público e várias entidades de defesa do meio ambiente. Apesar de todo o esforço e denúncias o problema continua sem solução.

Assessoria: Secom CâmaraCba/Roseli Cordeiro



Imprimir Voltar Compartilhar:  




+ Notícias
07/07 - Bazar Delas pra Elas é realizado na na Praça Moreira Cabral até esta sexta
06/07 - Vereador destaca trabalhos realizados em 18 meses de mandato
06/07 - Câmara realiza segunda audiência pública para debater a LDO 2023
05/07 - Vereador do partido Republicanos realiza indicações para diversos bairros da capital
05/07 - Vilma Barros é empossada vereadora por Cuiabá durante licença de Kássio Coelho
05/07 - Câmara aprova projetos e pareceres na sessão desta terça-feira
05/07 - Vereador é convidado a representar a classe de trabalhadores técnicos da educação
04/07 - Audiência Pública debate Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2023
04/07 - Vereador realiza sessão solene em homenagem ao Dia Nacional do Bombeiro Militar
01/07 - Secretaria de Ações Institucionais realiza reunião para debater inclusão, direitos humanos e diversidade
01/07 - O Papa e Santo João Paulo II recebeu título de Cidadão Cuiabano em 1991
SESSÃO AO VIVO
INFORMES
Praça Moreira Cabral - Centro - s/n - Cuiabá-MT - CEP 78020-010 - Fone: (65) 3617-1500
Desenvolvimento: Secretaria de Comunicação - Todos os direitos reservados © 2018
O horário de atendimento ao público é de segunda a sexta-feira das 7:00hs às 18:00hs.