Início
NOTÍCIAS
13/03/2018
Justino Malheiros quer melhores abrigos de ônibus na capital
Brunna Maria - Secom/Câmara de Cuiabá
Vereador-presidente Justino Malheiros
Presidente do Legislativo de Cuiabá, vereador Justino Malheiros, afirmou estar indignado com a situação precária dos abrigos dos pontos de ônibus em vários bairros do município. Frisou a necessidade de o Executivo e empresas de transporte público implementarem melhorias urgentes, para maior comodidade dos usuários do sistema. "Cabe ao órgão fiscalizador do transporte público (Ager/MT) exigir a efetivação das melhorias necessárias e reclamadas insistentemente..."

Na sessão plenária de hoje (13), Pequeno Expediente, o presidente da Casa de Leis cuiabana, vereador Justino Malheiros, apontou a necessidade urgente de serem implementadas melhorias nos atuais "abrigos" nos pontos de ônibus da capital mato-grossense. Malheiros entende ser o momento propício de cobrar isto do Poder Executivo e mesmo das empresas de transporte coletivo, em face da proximidade de homologação de novo processo licitatório do sistema. A precariedade dos abrigos, observou, confronta nitidamente os argumentos desenvolvimentistas da capital, além de expor os usuários a situações de desconforto, alguns danosos à saúde.

"Estamos apresentando uma série de indicações inerentes ao desenvolvimento da cidade e melhores condições de vida para seus habitantes, em todos os aspectos. No entanto, à parte dessas indicações normais, com base nas andanças que costumo fazer pela área central e periférica da capital, tenho visto um problema que necessita ser resolvido urgentemente: inexistem abrigos decentes nos pontos de ônibus, e os usuários ficam ali, por vezes horas a fio, debaixo de sol e/ou chuva, somando-se ao desconforto das mudanças de temperatura, calor, frio, etc. Isso não é justificável sob nenhuma hipótese. São coberturas precárias. Precisamos reverter esse panorama de ineficiência e claro desrespeito ao cidadão. Está à vista geral".

Neste sentido, o presidente Justino Malheiros conclamou seus pares "a uma unificação de forças" para que as empresas de transporte coletivo e Poder Executivo sintam-se comprometidas a oferecer algo melhor do que a realidade dos abrigos atuais, na sua opinião "realmente precária àqueles que se valem do transporte público para trabalhar e outras atividades comuns no dia a dia.

"Sensibilidade é uma das palavras que se adequam à situação em curso, efetivamente perigosa a quem tem saúde debilitada. Sempre lembrando que os serviços pelo sistema atualmente ofertados ainda fogem daquilo que poderia ser considerado satisfatório. Acredito que teremos boas novidades a respeito em breve. Mesmo porque continuaremos cobrando".

Assessoria/Câmara Municipal de Cuiabá 


Imprimir Voltar Compartilhar:  




+ Notícias
16/01 - Vereador Renivaldo Nascimento avalia que em 2018 foi feito de muito trabalho e de muitas conquistas
16/01 - Sem critério técnico, Prefeitura exonera servidores por não terem “padrinhos políticos”
16/01 - Reorganização Urbana é pauta em Reunião entre Vereador Orivaldo da Farmácia, FACMAT e Prefeito Emanuel
16/01 - Boca de lobo é desobstruída após solicitação do vereador Misael Galvão
16/01 - Dr. Xavier volta a cobrar da SEMOB a instalação de redutores de velocidade em várias regiões da cidade
16/01 - Adilson Levante assume vaga de Gilberto Figueiredo
16/01 - Lei que garante RGA para vereadores é revogada
15/01 - Nota de Pesar
15/01 - Câmara e Prefeitura se unem para solucionar impasse dos moradores do Jardim Paulista
15/01 - Reestruturação reduz quadro funcional da Câmara de Cuiabá
14/01 - Sancionada lei de autoria de Marcelo Bussiki que autoriza contribuição voluntária à causa animal
SESSÃO AO VIVO
INFORMES
Praça Moreira Cabral - Centro - s/n - Cuiabá-MT - CEP 78020-010 - Fone: (65) 3617-1500
Desenvolvimento: Secretaria de Comunicação - Todos os direitos reservados © 2018
O horário de atendimento ao público é de segunda a sexta-feira das 7:30hs às 13:30hs.