Início
NOTÍCIAS
04/05/2018
Dr. Xavier diz que idosos têm sofrido agressões no transporte coletivo
Secom - Prefeitura de Cuiabá
O vereador Dr. Xavier disse hoje (4) que as novas regulamentações em torno da lei que concede gratuidade a idosos no transporte coletivo têm registrado falhas consecutivas que penalizam a terceira idade. Pelos dispositivos atuais da lei, nenhum idoso, sem exceção, pode embarcar pela porta traseira, além de ser obrigatório que esteja de posse do cartão Melhor Idade" expedido pelo MTU, com validade de um ano, quando deve ser recarregado. Até 64 anos, explicações colhidas junto ao MTU, o idoso tem direito a quatro passagens/dia, cota ampliada a partir dessa idade. Período em que o MTU entende que os idosos necessitam se deslocar mais vezes, geralmente para ir ao médico. A média de passagens, nessa faixa de idade, é de seis/dia.
 
Conforme exposição do parlamentar, tudo isso seria normal, compreensível, se a realidade vivenciada pelos idosos não fosse contraditória à propaganda institucional do MTU, que tem alardeado que as regulamentações em vigor objetivam prestar maior segurança à terceira idade, tendo em vista o preocupante número de acidentes registrados quando os idosos embarcavam pelas portas traseiras. O maior problema, aponta Dr. Xavier, no embarque somente pela porta dianteira, é que os idosos praticamente têm sido atropelados pelos jovens quando tentam embarcar.
 
"É uma competição francamente desleal. Portanto, há controvérsias que devem ser analisadas e priorizadas nesse caso, no sentido de encontrarmos soluções. Pois existe idoso que, mesmo aos 60 anos, já enfrenta sérias limitações de locomoção, e aí é um problema para que consiga embarcar agilmente. O risco de cair é idêntico ao da porta traseira e, talvez, até pior. E quando finalmente consegue, ainda fica espremido naquele espaço exíguo, que tem apenas dois lugares, à espera de sua vez de passar pela catraca, sempre sufocado pelos mais jovens. Alguns viajam em pé durante todo o percurso, se acaso o cartão não concede a liberação, falhas ocasionais. Existe, a meu ver, um nome bem apropriado para isso: desrespeito. É uma atitude injusta imposta pela lei, lamentavelmente".
 
Dr. Xavier disse que pretende averiguar detidamente quais alternativas podem ser viabilizadas para amenizar esse sufoco que a nova regulamentação acarretou aos integrantes da terceira idade. "Antigamente, a catraca ficava situada na traseira dos ônibus, espaço bem maior do que na parte dianteira. Quer dizer: pioraram com essas pretensiosas inovações calcadas em assegurar proteção aos idosos. Seria o caso de cada empresa dispor de um funcionário especificamente treinado para amparar idosos com limitações de locomoção. Exigir que tenham a mesma agilidade de pessoas mais jovens é contrasenso injusto". 
 
João Carlos de Queiroz/Assessoria de Gabinete do Dr. Xavier
 
(Maiores informações podem ser obtidas pelo telefone 0800.646.2544  MTU)


Imprimir Voltar Compartilhar:  




+ Notícias
21/04 - Indicação de vereador garante limpeza de área verde
21/04 - Vereador Eduardo Magalhães apresenta indicações solicitando serviços em bairros de Cuiabá
21/04 - Empreendedorismo feminino é incentivado com projetos de Maysa Leão
20/04 - Vereadora Michelly pede prioridade de vacinação para gestantes
20/04 - Vidal pede revitalização de creche, implantação de linha de ônibus e saneamento básico em três bairros de Cuiabá
20/04 - Juca do Guaraná Filho participa da posse da nova diretoria COMEC
20/04 - “Provamos que o lockdown é uma medida efetiva”, diz secretária de saúde de Araraquara (SP)
20/04 - Câmara aprova projetos de lei em primeira votação na sessão desta terça
20/04 - Vereador sugere que escolas municipais sejam utilizadas como pontos de vacinação
20/04 - Maysa Leão visita ponto de vacinação na ALMT e pede utilização da 2ª dose em quem ainda não foi imunizado
20/04 - Após luta de vereador, Agentes de Trânsito e de Fiscalização são vacinados contra a Covid-19
20/04 - 14 bairros de Cuiabá recebem indicações do vereador Eduardo Magalhães
SESSÃO AO VIVO
INFORMES
Praça Moreira Cabral - Centro - s/n - Cuiabá-MT - CEP 78020-010 - Fone: (65) 3617-1500
Desenvolvimento: Secretaria de Comunicação - Todos os direitos reservados © 2018
O horário de atendimento ao público é de segunda a sexta-feira das 7:00hs às 18:00hs.