Início
NOTÍCIAS
11/06/2018
Câmara vai discutir obras do novo PS e aplicação de emenda de R$ 82 milhões
Assessoria de imprensa
A Câmara Municipal de Cuiabá promoverá nesta segunda-feira (11.06), às 14 horas, no plenário da Casa de Leis, uma audiência pública para debater e informar a população sobre o andamento da obra do novo pronto-socorro e como está sendo aplicado o valor de R$ 82 milhões que foi destinado pela bancada federal de Mato Grosso para equipar a nova unidade de saúde. A audiência foi requerida pelos vereadores Dilemário Alencar (PROS), Gilberto Figueiredo (PSB) e Marcelo Bussiki (PSB).

A obra do novo pronto-socorro teve início no ano de 2013 e foi programada para ser entregue em dois anos para a população cuiabana. Entretanto, já houve dois anúncios de sua inauguração, em julho de 2017 e abril de 2018, mas não ocorreu. O governo municipal anunciou mais uma nova data para a inauguração, que seria no mês de junho deste ano.

Para a audiência pública está confirmada a presença de deputados federais e senadores, representantes da bancada federal, responsáveis por conseguir alocar o valor de R$ 82 milhões de emenda impositiva no Orçamento do Governo Federal. Este valor foi repassado ao Governo de Mato Grosso com o objetivo de ser investido na aquisição de equipamentos para aparelhar o novo pronto-socorro da capital.

“Foram também convidados a participar da audiência o governador Pedro Taques, o secretário estadual de saúde, o prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro, o secretário municipal de saúde, representantes de entidades da sociedade civil organizada, do Ministério Público e da classe política. A audiência será um espaço importante para o governo municipal e estadual fazer uma prestação de contas sobre o quanto já foi investido, o que falta ainda para terminar a totalidade da obra e fazer esclarecimentos como estão sendo aplicados os R$ 82 milhões da emenda da bancada federal”, afirmou o vereador Dilemário.

Para o parlamentar, a demora em concluir a obra do novo pronto-socorro está levando angústia à população, que tem sofrido com a superlotação do atual PS. A expectativa pela inauguração do novo e moderno pronto-socorro é grande, visto que já faz quase 50 anos da construção do primeiro pronto-socorro. Foi no ano de 1969, quando a população de Cuiabá era de aproximadamente 103 mil habitantes e hoje beira aos 600 mil.

“A população de Cuiabá quer saber o porquê de tanta demora para concluir essa obra. Já são cinco anos em construção e anúncios de inauguração que não ocorreram, o que tem deixado a população perplexa e desacreditada. Nossa cobrança é para que o novo pronto-socorro seja inaugurado o mais urgente possível, para que seja afastado o fantasma das obras paradas e inconclusas, a exemplo do que ocorreu com o VLT”, pontuou Dilemário.


Imprimir Voltar Compartilhar:  




+ Notícias
14/12 - Projeto de Bussiki que dedica mês ao enfrentamento do tráfico de pessoas é aprovado
14/12 - Cuiabá 300 anos: revitalização da Praça Maria Taquara
14/12 - Câmara aprova projeto de Bussiki que regulamenta a hospedagem de crianças e adolescentes
13/12 - Adélia Galvão, futura Primeira Dama, afirma que sua atuação será marcada por atividades sociais
13/12 - EMPRESA CUIABANA: Abilio denuncia grupo de “explorar” a saúde do Estado
12/12 - Toninho de Souza visita Praça do CPA 4 que receberá emenda de R$150 mil do parlamentar para reforma
12/12 - Evento no Plenário marca descerramento da placa que homenageia Moisés Martins
12/12 - Dr. Xavier quer bairros da capital com redutores de velocidade
12/12 - Bussiki homenageia pessoas que ajudam a disseminar a mensagem bíblica
12/12 - Vereadores recorrem ao TCE para suspender lei aprovada irregularmente
SESSÃO AO VIVO
INFORMES
Praça Moreira Cabral - Centro - s/n - Cuiabá-MT - CEP 78020-010 - Fone: (65) 3617-1500
Desenvolvimento: Secretaria de Comunicação - Todos os direitos reservados © 2018
O horário de atendimento ao público é de segunda a sexta-feira das 7:30hs às 13:30hs.