Início
NOTÍCIAS
22/10/2018
Vereador Dr. Xavier diz que aprovação de projeto de gratuidade no transporte coletivo “é resolutivo na área de transtorno mental”
Brunna Maria - CMC
Para surpresa do vereador, seu projeto teve aprovação praticamente unânime na última quinta-feira, 18, com 24 assinaturas favoráveis dos pares na Casa de Leis. "Empreendemos mais um tento vitorioso para que a Saúde Pública - um dos focos permanentes do nosso trabalho parlamentar - seja guarnecida de suporte auxiliar aos mais carentes", enfatizou

O vereador Dr. Xavier disse hoje (22) que a aprovação do projeto de lei de sua autoria, que garante gratuidade no sistema de transporte coletivo a pacientes em tratamento de transtorno mental, representa importante passo evolutivo no setor. “Atende um dos princípios do SUS, o da integralidade: todo tratamento deve ter início, meio e fim. Assim, se o paciente comparece regularmente às unidades de Saúde para receber assistência, o alcance da cura , o objetivo real, fica mais viável”.

Ele explicou que, por conta das dificuldades de deslocamento dos pacientes com transtorno mental às unidades de Saúde do município, em função dos custos das tarifas, o tratamento tem sido interrompido e, por vezes, sequer iniciado. “Há casos complexos, em que alguns pacientes necessitam comparecer aos CAPS duas a três vezes por semana, inclusive acompanhados de familaires. Mas, para isto acontecer, eles precisam dispor de recursos para bancar as tarifas de transporte. Se não têm, simplesmente desistem do tratamento. Uma interrupção danosa, sem dúvida”.

"Milhares de pessoas convivem com transtorno mental em Cuiabá. A maioria pertence a camadas sociais mais humildes, de carência total. Mal conseguem recursos para alimentação, e nenhum para transporte. Daí a inviabilidade de que compareçam regularmente às unidades de Saúde Pública do município isso deveria ser praxe após o início do tratamento", descrevem técnicas de Saúde Mental

Conforme uma das técnicas da área de Saúde Mental de Cuiabá, Kellen Karina, do CAPS Adolescer, a aprovação do projeto de Dr. Xavier "traduz alívio inegável a milhares de pessoas que convivem com problemas de transtorno mental". Kellen ainda acrescentou: "Para nós, profissionais, que sempre desejamos o melhor para nossos pacientes, é ainda uma grande satisfação saber que, doravante, nossos pacientes poderão sequenciar o tratamento". Opinião compartilhada por Doramy Souza Silva de Araújo, do CAPS II do Jardim Paulista.

“Os CAPS oferecem consultas médicas e oficinas terapêuticas. Porém, em função de muitos pacientes não terem condições de bancar os custos das passagens de ônibus no sistema municipal, o tratamento é abandonado de vez, e o problema de transtorno mental, consequentemente, tende a se agravar. Não há, enfim, como ofertarmos garantia de cura quando algo do tipo acontece, pois é preciso continuidade assistencial”, enfatizou.

João Carlos de Queiroz/Secretaria de Comunicação Social - CMC

 


Imprimir Voltar Compartilhar:  




+ Notícias
18/11 - Câmara realiza sessão ordinária nesta quinta-feira
12/11 - Câmara de Cuiabá auxilia o TRE-MT cedendo veículos
05/11 - Câmara derruba vetos do Executivo nesta quinta
05/11 - Instituto Latino- Americano de Educação para Segurança participa da Tribuna Livre
04/11 - Reunião ordinária da CCJR aprecia projetos nesta quarta
04/11 - Suplente toma posse como vereador e PTB tem 3 na Câmara de Cuiabá
31/10 - Nota de Pesar | Samuel Lemes
29/10 - Câmara aprova projetos em sessão remota desta quinta-feira
SESSÃO AO VIVO
INFORMES
Praça Moreira Cabral - Centro - s/n - Cuiabá-MT - CEP 78020-010 - Fone: (65) 3617-1500
Desenvolvimento: Secretaria de Comunicação - Todos os direitos reservados © 2018
O horário de atendimento ao público é de segunda a sexta-feira das 7:00hs às 18:00hs.