Início
NOTÍCIAS
07/02/2019
"Papel da oposição é fazer o prefeito trabalhar", diz vereador Abilio
Francinei Marans
O vereador Abilio Junior (PSC) usou a tribuna da sessão desta quinta-feira (07-02) para indagar o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), sobre a condução das obras do novo Pronto Socorro de Cuiabá. “Vai trabalhar prefeito", falou Abilio, cobrando mais celeridade na condução dos trabalhos de construção da unidade de saúde.

Inaugurada por Emanuel em dezembro do ano passado, o hospital continua sem oferecer atendimento médico à população. Em razão disso, foi alvo de uma inspeção judicial em janeiro deste ano. A incapacidade de operacionalidade foi denunciada por Abilio e demais vereadores da oposição.

À época, Abilio, juntamente com os parlamentares Felipe Wellaton (PV), Dilemário Alencar (Pros), Diego Guimarães (PP) e Marcelo Bussiki (PSB), fez inúmeras tentativas de fiscalizar a unidade, três delas após a inauguração, sendo barrado todas as vezes pela gestão de Emanuel.

Contudo, a juíza Célia Regina Vidotti, da Vara Especializada de Ação Civil Pública e Ação Popular proferiu, nessa quarta-feira (06-02), uma decisão determinando que a Prefeitura realize a transferência dos serviços de saúde para o novo prédio do Pronto Socorro, somente após a apresentação de um Plano Diretor de Modelo de Gestão a ser implantado, cronograma de transferência dos serviços de saúde do antigo para o novo prédio sem que ocorra descontinuidade ou prejuízo dos serviços de urgência e emergência realizados.

A decisão foi tomada após a inspeção judicial, realizada no último dia 22, em que foram constatadas que as obras estruturais do prédio ainda não estão totalmente concluídas, afetando setores como o de almoxarifado, cozinha, despensa de gêneros alimentícios, farmácia, além de todo subsolo. “A falta de conclusão dessas áreas de retaguarda impede o funcionamento de internação hospitalar, que depende de serviços de hotelaria, alimentação e lavanderia”, diz trecho da decisão.

“Nós já sabíamos que não ia funcionar, pois tínhamos a denúncia de que a obra não estava conclusa. Por isso, tentamos por diversas vezes fiscalizar o local, para comprovarmos a realidade da obra e impedir essa inauguração falaciosa”, enfatizou Abilio. “Mas fomos barrados. O prefeito não queria que mostrássemos a mentira que ele contou para toda a população. Mas a juíza mostrou a verdade dos fatos”, completou.

“Nós denunciamos e, somente depois de muita insistência, de todo impedimento imposto a nós vereadores de oposição, a decisão judicial comprovou aquilo que vínhamos alertando bem antes da inauguração”, salientou o vereador.

Abilio e os demais vereadores de oposição usaram a tribuna para manifestar apoio à população, no intuito de tão logo a unidade hospitalar estar conclusa, efetivamente pronta para o atendimento.

“Nós queremos que o Pronto Socorro funcione o quanto antes, com bons equipamentos e profissionais qualificados", corroborou Diego Guimarães. “Acho que o Emanuel está enganado com o nosso papel, com o papel da oposição. Tudo que nós estamos fazendo, é fazer ele trabalhar. Bom, o que nós, verdadeiramente, queremos é que o prefeito trabalhe e que não fique com as mãos no bolso do paletó”, concluiu.

Dana Campos

Fotos Relacionadas

Imprimir Voltar Compartilhar:  




+ Notícias
22/04 - Toninho de Souza assume vaga na Assembleia Legislativa de Mato Grosso
22/04 - Mais de 1500 atletas participaram da 2ª Corrida do Legislativo Cuiabano
22/04 - Garis recebem medalha de reconhecimento ao trabalho prestado na 2ª corrida do Legislativo
21/04 - Garis recebem medalha de reconhecimento ao trabalho prestado na 2ª corrida do Legislativo
21/04 - Mais de 1500 atletas participaram da 2ª Corrida do Legislativo Cuiabano
20/04 - ARTIGO: Mais do que um shopping, uma família popular
18/04 - Bussiki propõe quarentena para ex-secretários firmarem contratos com a prefeitura
18/04 - Câmara solicita que prefeito tome uma decisão quanto à intervenção da Santa Casa até terça-feira
18/04 - Vereador Dilemário protesta contra o cancelamento do Peixe Santo
18/04 - Vereadores apreciam sete mensagens na sessão de quinta (18)
18/04 - Tribuna livre: Pacientes com fibromialgia pedem ajuda dos parlamentares
SESSÃO AO VIVO
INFORMES
Praça Moreira Cabral - Centro - s/n - Cuiabá-MT - CEP 78020-010 - Fone: (65) 3617-1500
Desenvolvimento: Secretaria de Comunicação - Todos os direitos reservados © 2018
O horário de atendimento ao público é de segunda a sexta-feira das 7:00hs às 18:00hs.