Início
NOTÍCIAS
12/03/2019
Câmara quer que Executivo faça intervenção na Santa Casa
A Câmara Municipal de Cuiabá aprovou nesta terça-feira (11) indicação para que o Executivo Municipal faça intervenção na Santa Casa de Misericórdia. A indicação será destinada à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), que apura os convênios firmados pela Prefeitura com os Hospitais Filantrópicos da Capital e será anexada no relatório final, que deve ser votado na próxima terça-feira (19). 

A aprovação da indicação foi por 17 votos a favor, 5 contra e uma abstenção.

O objetivo dos parlamentares é de evitar o fechamento da unidade de saúde, tendo em vista os inúmeros pacientes que são atendidos diariamente. A direção da unidade de saúde já foi informada sobre os encaminhamentos e uma cópia do relatório e da indicação será encaminhada ao Ministério Público do Estado (MPE) para ciência e providências.

O presidente do Parlamento Municipal, vereador Misael Galvão (PSB), disse que, desde o início de sua gestão a Casa tem acompanhado este imbróglio, e diante da gravidade dos fatos, os vereadores optaram por fazer essa sugestão ao Executivo.

“Há alguns meses nós estamos empenhados neste assunto. Criamos uma Comissão com os vereadores Toninho de Souza e Luis Claudio à frente, para acompanhar toda negociação. Estamos nos desdobrado ao máximo para que possamos ter o entendimento, porque a Santa Casa é necessária para a nossa Capital. Então, com o auxílio de nossos técnicos, do jurídico da Câmara, tomamos outro encaminhamento e vamos sugerir para que o Executivo faça a intervenção na Santa Casa, pois não podemos deixar o Hospital fechar as portas, não podemos deixar quatro meses de salário sem pagar, deixar os pacientes desamparados”, explicou Misael. 

O vereador Toninho acredita que a intervenção dará mais credibilidade para a unidade de saúde. Conforme ele, a Santa Casa tem uma crise de credibilidade e de gestão administrativa interna, e os vereadores entendem que não existe outro caminho a não ser a intervenção. 

“A intervenção vai nomear uma gestão externa, completamente desvinculada da Santa Casa, que pode trazer uma nova credibilidade, e também um novo modelo de administração, que pode atrair recursos externos, e o que entrar de dinheiro pelo SUS, tenha a certeza da transparência e da boa aplicação desses recursos. Por isso, nós decidimos, em um acordo num colegiado, que a intervenção é o melhor caminho”, pontuou Toninho.

O líder do prefeito no Legislativo, vereador Luis Claudio (PP) também acredita que a gestão da Santa Casa está comprometida. “O fato é que, realmente a gestão está comprometida pelo fato de que não há credibilidade necessária dos entes públicos e também da sociedade para poder reerguer o Hospital. Nós precisamos tomar outro caminho para a Santa Casa, que talvez seja da intervenção”, acrescentou.

Câmara Municipal de Cuiabá


Imprimir Voltar Compartilhar:  




+ Notícias
25/04 - Em 3 meses, Misael Galvão apresentou mais de 1.200 indicações na Capital
25/04 - Câmara homenageia ex-vereador por meio de projeto “Memórias da Presidência”
25/04 - Vereadores aprovam redação final do projeto que prevê a implantação da escola em tempo integral
25/04 - Parlamentares recebem convite para posse da frente parlamentar em defesa do Vale do Rio Cuiabá
25/04 - CMEI é inaugurado no CPA por indicação do vereador Adevair Cabral
25/04 - Projeto de Diego Guimarães estabelece reciclagem e reutilização de lixo orgânico em Cuiabá
25/04 - Psicólogos de unidades públicas pedem mais concursos e processos seletivos para a classe
25/04 - Parlamentares se reúnem com secretário de Serviços Urbanos da Capital
25/04 - Veloso assume presidência da CPI da Santa Casa
25/04 - Vereadores homenageiam o sucessor de Dom Bosco com o Título de Cidadão Cuiabano
SESSÃO AO VIVO
INFORMES
Praça Moreira Cabral - Centro - s/n - Cuiabá-MT - CEP 78020-010 - Fone: (65) 3617-1500
Desenvolvimento: Secretaria de Comunicação - Todos os direitos reservados © 2018
O horário de atendimento ao público é de segunda a sexta-feira das 7:00hs às 18:00hs.