Início
NOTÍCIAS
01/04/2019
Bussiki cobra esclarecimentos sobre valor de inscrição para corrida Bom Jesus
Luiz Alves

O vereador Marcelo Bussiki (PSB) apresentou um requerimento para que a prefeitura explique por quê razões estabeleceu o valor de R$ 50 como taxa de inscrição para a 33ª Corrida Pedestre do Senhor Bom Jesus de Cuiabá, que será realizada no dia 14 de abril. 

A corrida é tradicional e promovida em celebração ao aniversário da cidade, que neste ano comemora 300 anos. A expectativa da prefeitura é que haja uma participação de ao menos 5 mil corredores.

A taxa de inscrição foi estabelecida no valor de R$ 50, que será destinado à compra de alimentos para entidades sociais e instituições ligadas à Secretaria de Assistência Social, segundo a Prefeitura de Cuiabá. O valor é superior a 2018, quando foi estabelecida a taxa de R$ 35. Nos anos de 2017 e 2016, a taxa de inscrição era gratuita.

Por essa razão, Bussiki apresentou um requerimento exigindo explicações da prefeitura de como se chegou ao cálculo de R$ 50, em que conta serão depositados os valores obtidos com as inscrições e como será feita a compra dos alimentos.

A intenção, segundo Bussiki, é assegurar a transparência dos recursos. “A corrida é organizada pela prefeitura e conta com o apoio de diversos órgãos e entidades ligadas ao esporte. É uma corrida que existe há 33 anos e nunca se chegou a um valor de inscrição tão alto como esse. Sempre houveram inscrições com valores simbólicos, por se tratar de um evento em comemoração ao aniversário da nossa cidade. Estabelecer um valor dessa natureza é limitar a participação de todos”, disse.

Ainda segundo Bussiki, se a intenção é a compra de alimentos, a taxa de inscrição deveria ser um quilo (ou mais) de alimento não-perecível, como ocorreu nos anos em que a taxa foi gratuita.

“Se a prefeitura quer comprar os alimentos com o dinheiro arrecadado, por que já não pede a doação de alimentos? Isso seria muito mais transparente, além de possibilitar que mais pessoas possam participar, pois nem todo mundo tem R$ 50”, questionou.

Bussiki afirmou ainda que, mesmo que o dinheiro das inscrições seja destinado ao pagamento das premiações, que totalizam R$ 10 mil às diversas categorias, ainda assim deverá sobrar muito dinheiro - e a prefeitura deve explicar exatamente por onde ele vai passar e qual será sua destinação.

“Não somos contra destinar alimentos para as famílias carentes, de jeito nenhum. Mas isso deve ser feito de forma correta, com transparência e respeito a todos aqueles que estão se inscrevendo na corrida e pagando essa taxa”, encerrou.

Karine Miranda | Assessoria de Imprensa



Imprimir Voltar Compartilhar:  




+ Notícias
30/06 - Vereadores aprovam projetos e requerimentos na sessão desta quinta-feira
30/06 - CCJR analisa 17 processos durante 17ª reunião ordinária
28/06 - Conscientização da violência contra a pessoa idosa é tema da Tribuna Livre desta terça
28/06 - Lei aprovada conscientiza munícipe a preservar o Rio Cuiabá
28/06 - Tribuna expõe projeto de Revitalização do Centro Histórico de Cuiabá
28/06 - Presidente da Câmara atende mais de 78 bairros com serviços e obras
28/06 - Vereadora propõe discussão sobre a cidadania LGBTQIA+ durante Tribuna Livre
28/06 - Vereadores analisam pareceres na sessão ordinária desta terça-feira
28/06 - Vereador realiza sessão solene alusiva ao Dia do Meio Ambiente
28/06 - Vereadora realiza audiência pública para discutir políticas públicas aos imigrantes
28/06 - Vacinação contra Influenza é ampliada para toda a população cuiabana nesta terça-feira (28)
27/06 - Lei que trata da publicização do fluxograma da jornada do paciente TEA ou outra neurodiversidade é promulgada
SESSÃO AO VIVO
INFORMES
Praça Moreira Cabral - Centro - s/n - Cuiabá-MT - CEP 78020-010 - Fone: (65) 3617-1500
Desenvolvimento: Secretaria de Comunicação - Todos os direitos reservados © 2018
O horário de atendimento ao público é de segunda a sexta-feira das 7:00hs às 18:00hs.