Início
NOTÍCIAS
10/05/2019
Câmara realiza Audiência Pública para debater a Saúde Mental em Cuiabá
Proposta pelo vereador Dr. Xavier, a Audiência Pública conta com a participação de segmentos institucionais civis e públicos da sociedade, principalmente do setor clínico. A proposta do evento é traçar um plano de ações conjuntas, capaz de expandir concretamente o elo assistencial a pessoas acometidas com transtorno mental

O Plenário do Legislativo cuiabano sedia hoje (10), pela manhã, uma Audiência Pública voltada a debater e tratar da Saúde Mental na capital mato-grossense, cidade que registra demandas preocupantes nesse segmento. A iniciativa da audiência é do vereador Dr. Xavier, que já comandou audiências anteriores com enfoque no mesmo tema, o que resultou na gratuidade no sistema de transporte coletivo aos pacientes em tratamento de transtorno mental. Lei que permite agora a continuidade do tratamento àqueles que não tinham condições de bancar o custo do transporte até os Centros de Assistência Psicossocial. 

Na análise do vereador Dr. Xavier, engajar a sociedade nesse trabalho é importantíssimo, pois as soluções realmente tomam formato mais rápido quando existe uniformidade e disposição de luta. "As pessoas acometidas com transtorno mental ainda são olhadas de forma discriminatória em determinados setores, o que é lamentável. É preciso assisti-las conforme preceitua os direitos constitucionais da Saúde, expandindo o olhar compreensivo à sua integração social. Por meio desta audiência, passamos a ter clara noção das realidades diferenciadas existentes aqui e em outros lugares, fator dificultador ao alcance das metas de sucesso no tratamento de distúrbios mentais".

Também se pronunciando, a coordenadora especial da Rede Assistencial de Saúde Mental de Cuiabá, Roseli Batista Costa, observou a necessidade de conscientizar a sociedade, como um todo, para a importância de estabelecer um convívio contumaz com as pessoas acometidas de transtorno mental, iniciativa que a técnica considera de grande relevância.

"O intuito da proposta é mostrar os avanços já obtido quando eles {pacientes} convivem, mais de perto, com alas distintas da sociedade, sem a insensível clausura imposta pelos manicômios. Que, aliás, estão em fase gradual de extinção, por não serem necessariamente o caminho da cura pensada para cada caso relacionado à Saúde Mental. O convívio social estabelece um clima bem mais saudável, e realmente prospecta o alcance dos objetivos médicos e também daqueles que, de forma direta ou indireta, convivem com pacientes, incluindo familiares". 

João Carlos de Queiroz - Câmara Municipal de Cuiabá

Fotos Relacionadas

Imprimir Voltar Compartilhar:  




+ Notícias
18/09 - Câmara reúne servidores da saúde para debater Projeto 25
18/09 - Alunos indígenas visitam a Câmara de Cuiabá
18/09 - Escola Elza Luiza Esteves reforça a importância da árvore durante o 25º PlantAR
18/09 - CCJ analisa 17 projetos de lei nesta quarta
18/09 - Parque Geórgia começa a receber manilhamento
17/09 - Policiais vão fazer rondas permanentes no entorno da Câmara de Cuiabá
17/09 - Vereadores aprovam isenção de IPTU para templos religiosos que funcionam em imóveis alugados
17/09 - Aprovada Lei que obriga empresas a reparar danos ao Erário
17/09 - Corte de energia e outros serviços poderá ser proibido às sextas, sábados, domingos e feriados
17/09 - Projeto prevê brinquedos a pessoas com deficiência
SESSÃO AO VIVO
INFORMES
Praça Moreira Cabral - Centro - s/n - Cuiabá-MT - CEP 78020-010 - Fone: (65) 3617-1500
Desenvolvimento: Secretaria de Comunicação - Todos os direitos reservados © 2018
O horário de atendimento ao público é de segunda a sexta-feira das 7:00hs às 18:00hs.