Início
NOTÍCIAS
14/05/2019
Vereador Abilio requer audiência para debater sobre “Psoríase” e o preconceito em torno da doença
Câmara Municipal de Cuiabá
Considerada pela medicina como uma doença da pele relativamente comum, crônica e não contagiosa, a Psoríase apresenta sintomas na pele que geram preconceito entre os leigos. Com o objetivo de debater o assunto e combater o preconceito em torno da doença, o vereador Abilio Junior (PSC) requereu, junto à Câmara de Vereadores, uma audiência pública, que deverá contar com profissionais da área de saúde, psicologia, educação e representantes dos poderes públicos e entidades civis organizadas.

O requerimento foi aprovado na sessão ordinária desta terça-feira (14-05), e a audiência deverá ocorrer em setembro, na semana em que se celebra o Dia Nacional e Mundial da Psoríase. Até lá, o vereador pretende reunir com as autoridades e entidades ligadas ao assunto para colaborarem com a organização e participação da audiência.

Acometido pela psoríase, Abilio foi vítima de preconceito praticado por um colega vereador, que usou a tribuna e o chamou de “perebento”, há alguns meses.  “Foi uma situação muito humilhante. Mostrou um desconhecimento sobre a doença que eu e milhares de outras pessoas têm pelo Brasil e pelo mundo. Por essa razão, vi a necessidade de debatermos o assunto. Mostrar para a sociedade que a psoríase é uma doença não contagiosa e que, devido a seus sintomas, geralmente visíveis na pele, geram esse tipo de preconceito, podendo ter um impacto significativamente negativo na qualidade de vida e na autoestima do paciente”, explicou Abilio.  

O parlamentar associou a essa questão do preconceito à atualidade, com o exacerbado uso das redes sociais, principalmente por adolescentes e jovens.

“A gente percebe que os dias de hoje há uma enorme problemática de aceitação, devido ao uso exagerado das redes sociais, em que todo mundo tem que estar bonito e feliz. Um adolescente ou um jovem, acometido pela doença, que tem os sintomas dela visíveis na pele possivelmente deve passar por muitos preconceitos, assim como sofri de um colega parlamentar, dentro do meu ambiente de trabalho. Essa é uma triste realidade que devemos combater e transformá-la”, considerou Abilio, preocupado com a questão estética, bastante evidente nas redes sociais e que podem gerar enormes problemas de ordem psicológica e de aceitação social de pessoas com psoríase.

PSORÍASE
De causa desconhecida, sabe-se que a doença pode estar relacionada ao sistema imunológico, às interações com o meio ambiente e à suscetibilidade genética. Acredita-se que ela se desenvolve quando os linfócitos T (células responsáveis pela defesa do organismo) liberam substâncias inflamatórias e formadoras de vasos. 

TRATATENTO 
Tratamento tópico: medicamentos em cremes e pomadas, aplicados diretamente na pele. Podem ser usados em conjunto com outras terapias ou isoladamente, em casos de psoríase leve.  

Assessoria de Imprensa Vereador Abílio Junior



Imprimir Voltar Compartilhar:  




+ Notícias
23/05 - Alunos de escola municipal visitam o Parlamento Cuiabano
23/05 - Projeto que cria cartão de vacina digital está em tramitação na Câmara
23/05 - Jovens em situação de vulnerabilidades sociais, são acolhidos por Instituto
23/05 - Comissão de Saúde emite parecer favorável a um projeto
23/05 - Câmara aprecia três mensagens do Executivo na sessão desta quinta (23)
23/05 - Saad emplaca três projetos de lei na sessão desta quinta (23)
23/05 - Vereadores querem mais transparência na aplicação de recursos
23/05 - Projeto que cria cartão de vacina digital está em tramitação na Câmara
23/05 - Vereadores pedem ajuda do Ministério Público para garantir licitação do transporte coletivo
23/05 - Jovens em situação de vulnerabilidades sociais, são acolhidos por Instituto
22/05 - Câmara realiza audiência pública sobre a acessibilidade das pessoas com deficiência
SESSÃO AO VIVO
INFORMES
Praça Moreira Cabral - Centro - s/n - Cuiabá-MT - CEP 78020-010 - Fone: (65) 3617-1500
Desenvolvimento: Secretaria de Comunicação - Todos os direitos reservados © 2018
O horário de atendimento ao público é de segunda a sexta-feira das 7:00hs às 18:00hs.